​Se o Cruzeiro vinha invicto, o ​Flamengo tratou de acabar com a festa. E com uma boa atuação, algo que era raro até então na temporada. Na estreia das duas equipes no Campeonato Brasileiro, o time rubro-negro foi bastante superior e venceu por 3 a 1, sábado, no Maracanã. Nesta partida, mais uma vez a dupla Bruno Henrique / Gabigol decidiu a parada para o Mengão. E de uma forma que poucos podiam esperar lá no início de 2019.


De torcedor para torcedor: clique aqui e siga o 90min no Instagram!



O Fla contratou Gabigol para ser o seu homem de referência, enquanto a escolha por Bruno Henrique se deu por sua qualidade para atuar pelos lados do campo. Só que o técnico Abel Braga resolveu inverter as posições, algo que vem dando bastante certo. Juntos, eles já marcaram 21 gols no ano, sendo 11 de Bruno e 10 de Gabriel. No final de semana, por exemplo, o “novo” centroavante fez dois e ainda deu passe para o companheiro completar o placar.


Gabriel Barbosa


A princípio, Abelão não pretende mudar tão cedo esta inversão de papeis. “Falam muita coisa, mas o Bruno Henrique fez cinco gols nos três últimos jogos. O Gabriel pelo lado foi fantástico e também fez gol. Não sei qual é o segredo do sucesso, mas sei qual o do insucesso. É ir pela cabeça dos outros. Tenho que agir pelas minhas convicções”, disse o técnico. 



Esta mudança, a princípio, não incomoda os atletas. “Não tenho dificuldade alguma. O objetivo é contribuir independentemente da posição em campo”, destacou Bruno Henrique. “Nós sempre procuramos chegar perto da área para ajudar na criação e fazer os gols”, completou Gabigol. Na quarta-feira,o Flamengo vai a Porto Alegre enfrentar o ​Internacional pela segunda rodada do Brasileirão.


Para mais notícias do Flamengo, clique ​aqui.