Corinthians ​Santos irão se enfrentar apenas no domingo (31), mas o clima de clássico já começou nos bastidores dos dois clubes. O presidente santista, José Carlos Peres, deixou a torcida corintiana furiosa na noite dessa quinta-feira (29) após uma declaração muito polêmica. O mandatário do alvinegro praiano convocou a torcida do Peixe para o segundo jogo da semifinal do Paulistão e aproveitou para tirar onda com o rival.



"Agora é bola para frente. Vamos ser campeões! Na segunda-feira [8 de abril], quero todo mundo aqui no Pacaembu. Vamos esgotar esses ingressos imediatamente e fazer um grande jogo contra o Corinthians já no primeiro jogo, e no segundo a gente mata os gambás de vez", disse o presidente.


A declaração de Peres rapidamente ganhou repercussão nas redes sociais entre os torcedores do Corinthians e Santos. A “Fiel” ficou revoltada e pediu para os jogadores do próprio time responderem ao presidente do rival dentro de campo. Do lado santista, a torcida se dividiu nas redes sociais, com alguns apoiando o mandatário e outros criticarem a sua conduta.


O certo é que dentro de campo o clássico também será quente. O treinador corintiano, Fábio Carille, já deu algumas declarações recentes alfinetando o técnico do Santos, Sampaoli. Na visão do comandante do Timão, o argentino não apresenta nada de novo e não é um exemplo para ele na carreira. Na primeira partida entre as equipes esse ano, o amistoso realizado em janeiro, terminou 1 a 1.

​​