Visto como um dos zagueiros mais promissores da América do Sul, Bruno Méndez foi apresentado oficialmente pelo ​Corinthians na última terça-feira (5). Da ascensão meteórica no modesto Montevidéu Wanderers à estreia na Seleção Uruguaia principal com apenas 18 anos, o defensor chega ao Parque São Jorge com ótimas credenciais e muita expectativa.


Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​Em sua primeira entrevista como atleta alvinegro, Méndez rasgou elogios à estrutura do clube, falou sobre suas referências no futebol - seu compatriota Godín é seu grande ídolo -, e projetou os próximos passos de sua carreira, incluindo seu futuro acadêmico. Como destaca o ​UOL Esportes, o zagueiro uruguaio é estudante universitário de Educação Física, mas a transferência ao futebol brasileiro deve frear os estudos do jogador, ao menos por ora.


"Lá no Uruguai eu terminei o primeiro ano na Universidade, mas aqui é mais difícil porque são muito mais partidas do que no Uruguai, onde há no máximo 30 jogos por ano. Com menos jogos, dá para estudar à noite. Aqui, não acho que conseguirei seguir. Não tem tempo", afirmou.

O calendário pesado que aguarda o atleta no Parque São Jorge - 58 jogos no mínimo, contínuas viagens e concentrações -, entra em rota de colisão com a possibilidade de seguir seus estudos no Brasil. Além disso, a questão da transferência de Universidade e a barreira da língua também são obstáculos grandes para Méndez seguir a graduação.


Aos 19 anos, Méndez ainda está nos planos da Seleção Sub-20 do Uruguai, apesar de já ter feito sua estreia na equipe principal. Em maio, o zagueiro deve estar entre os convocados para o Mundial da categoria, a ser disputado na Polônia.