Como prometido pelo próprio no início da temporada, Zé Ricardo tem seguido a filosofia de rodar o elenco e dar chance a todos que integram o atual grupo alvinegro. Trabalhando com 30 atletas, entre estes os que transitam dos juniores ao profissional, o comandante já deu minutos para 26 jogadores do ​Botafogo nestas primeiras semanas de 2019.


Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​Como destaca o ​Globoesporte, o comandante alvinegro acredita que, com chances para todos, cria-se um grupo mais homogêneo e motivado. Afeito a trabalhar com jovens promissores, o treinador tem olhado com mais carinho para o Sub-20 do Glorioso, de onde surgiram os jovens Rhuan, Lucas Barros, Luis Henrique e Gláuber, atletas jovens que já somaram minutos importantes neste início de temporada.


"Desde o início do planejamento, ao final do ano passado, a gente chegou à conclusão de que seria importante trabalhar com um elenco mais enxuto, dar oportunidades a todos. E sempre com um olhar para a nossa categoria sub-20 (...) O Botafogo já vem revelando muitos atletas. As duas principais vendas, Matheus Fernandes e Rabello, foram oriundas da base", afirmou.

Apesar de valorizar bastante esse trabalho de transição e confiar no potencial da garotada, Zé Ricardo avalia que ainda faltam peças para 'amarrar' em definitivo o elenco botafoguense para este primeiro semestre: "Lógico que para a sequência do ano, a gente vai precisar da vinda de dois ou três atletas mais para fortalecer nosso grupo, mas acredito que até agora as coisas estão saindo dentro que foi planejado", concluiu.