Palmeiras ​e Santos fazem neste sábado (23), às 19 horas, no Allianz Parque, o clássico mais esperado desta primeira fase do Campeonato Paulista. Mantendo a base campeã brasileira do ano passado, o técnico Luiz Felipe Scolari encerrou a fase de rodízio de jogadores e a partir desse jogo passará a usar o que tem de melhor. De outro lado, o Santos tem demostrado grande futebol e é o líder geral na classificação do estadual. Questionado sobre quem é o favorito para o duelo, o meia santista Jean Mota não ficou em cima do muro.

Vivendo sua melhor fase desde que chegou à Vila Belmiro, o que lhe rendeu até o apelido de Jean Messi, o camisa 41 apontou sua equipe como favorita para vencer o jogo de sábado, seguindo o que já tinha feito Carlos Sánchez, quando também foi perguntando sobre quem levaria a melhor.

“Vou repetir a resposta do Sánchez: Jogamos no Santos. Se a gente não confiar na gente, quem vai confiar? Temos de pensar que sempre seremos favoritos. Estamos jogando bem e confiantes”, disse o jogador, que esteve em campo em todas as dez partidas feitas pelo Peixe na temporada, incluindo o jogo amistoso diante do Corinthians.

Durante a semana, o técnico Jorge Sampaoli cogitou a possibilidade de entrar com uma equipe mista, isso porque o Santos tem jogo decisivo pela Sul-Americana na terça-feira (26), contra o River Plante do Uruguai. No entanto, o treinador ainda não confirmou qual tipo de formação usará. Eu quero jogar, clássico é muito bom. A gente nunca quer perder um clássico”, disse o volante.