​Por ter sido expulso no último jogo disputado pelo Cruzeiro na ​Copa Libertadores do ano passado - 1 a 1 contra o Boca Juniors no Mineirão, pelas quartas de final -, o zagueiro Dedé é desfalque garantido para a estreia do clube mineiro na edição atual. Mano Menezes ainda não tem definido o seu substituto, mas um critério específico costuma ser o norteador para decisões como esta, a ser tomada pela comissão técnica.


Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​Como destaca o ​UOL Esportes, o histórico e a hierarquia pelo tempo de casa costumam guiar as escolhas de Mano Menezes para casos de ausência de titulares, o que coloca o jovem Murilo em posição de vantagem na disputa pela vaga. Mesmo jovem, o zagueiro de 22 anos assumiu o posto de primeiro reserva imediato, após Manoel rumar ao Corinthians.

Murilo Cerqueira,Erik

Murilo está há mais tempo na Toca da Raposa em relação ao seu companheiro de banco de reservas, Fabrício Bruno, que retornou recentemente de empréstimo. Além disso, o primeiro está acostumado à jogos decisivos, vez que foi titular ao lado de Léo durante a campanha da Copa do Brasil 2017, período em que Dedé ainda estava lesionado. 


Todos esses fatores 'montam o caso' favorável à Murilo, mas a situação ainda não está 100% definida aos olhos de Mano: "O Murilo larga na frente pelo histórico conosco em termos de confiança. Já jogou muitos jogos importantes, foi campeão da Copa do Brasil em 2017 fazendo dupla com o Léo. Mas não quer dizer que quem larga na frente chega na frente. Futebol não é largada, é chegada", afirmou o treinador.

​​Por ser o último duelo antes do debute celeste na competição continental, a partida do próximo domingo (24) contra a URT, pelo Campeonato Mineiro, deve indicar o potencial substituto. Mano Menezes pretende levar a campo neste compromisso o time base que já desenhou para a partida contra o Huracán, no dia 7 de março.