Poucos meses depois de iniciada a temporada, o São Paulo está em crise. O vexame de ser eliminado na primeira fase da Libertadores e a perda de mais um clássico para o Corinthians fez com que a diretoria são-paulina já entenda que chegou a hora de modificar o planejamento. Com a chegada de Cuca para os próximos meses, a cúpula do Tricolor conversa constantemente com o técnico em busca de novas contratações.



Fabiano, Marllon

Um nome que agrada o treinador é do lateral-direito Fabiano, do Palmeiras. Com Bruno Peres rendendo aquém do esperado, o Tricolor vê a necessidade de contratar um novo atleta para a posição e o jogador palmeirense tem aprovação da nova comissão técnica. A informação é do jornalista Vitor Birner. Apesar de estar encostado, o Verdão já recusou algumas ofertas de empréstimos pelo Fabiano e só aceita vendê-lo.


Bruno Peres está emprestado para a Roma até o final do ano, mas pode ser liberado antes do término do contrato. Para o meio-campo, o nome de Tchê Tchê ganha força nos bastidores do clube do Morumbi. O jogador se destacou pelo Palmeiras no ano passado e está no Dínamo de Kiev, da Ucrânia. Na época, o volante foi vendido por R$ 20,5 milhões.

A tendência é que com a chegada de Cuca, uma pequena reformulação aconteça no São Paulo, fazendo com que, por exemplo, alguns medalhões como Nenê e Diego Souza percam espaço. O novo treinador do SPFC é conhecido por bater de frente com atletas e não ter nenhum receio de afastá-los. Cuca terá carta branca da diretoria são-paulina para mexer no que for preciso no elenco.