​O processo de renovação de contrato de Mauro Icardi com a Inter de Milão já virou uma verdadeira novela. E, possivelmente, sem final feliz. Agora, os próprios dirigentes do clube italiano já falam sobre uma provável venda nos próximos meses.


Já segue a gente no Instagram? ​Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

Na última semana, um primeiro sinal de desgaste foi dado no momento do anúncio de que a braçadeira de capitão sairia dos braços do argentino e passaria para o goleiro Handanovic. Aliás, isso não aconteceu em vão, uma vez que os demais companheiros não enxergam em Icardi uma liderança positiva dentro do elenco.

Mauro Icardi

Assim tudo se encaminha, realmente, para uma saída do atacante do Giuseppe Meazza. "É possível que a Inter concretize a sua venda no final da temporada. O problema é com o plantel. Normalmente, em situações como essa, a equipe logo teria vindo defender o seu capitão e fazer com que ele mantivesse a braçadeira. Evidentemente, os representantes da equipe disseram que não sentam que ele os representasse como capitão", disse o diretor de futebol da Inter, Piero Ausilio, ao canal de televisão italiano RAI. Ou seja, embora a qualidade do jogador de 25 anos, nem mesmo o fato de ainda ter vínculo até 2021 impedirá uma eventual saída. No momento, além dos problemas com os companheiros, uma pedida salarial considerada alta complica a tentativa de acordo.

Samir Handanovic