No último domingo (10), a Seleção Brasileira Sub-20 encerrou sua melancólica campanha no Campeonato Sul-Americano da categoria. Mesmo com a vitória por 1 a 0 sobre a Argentina, a equipe de Carlos Amadeu não conseguiu 'beliscar' a quarta posição do hexagonal final, ficando novamente de fora dos classificados ao Mundial Sub-20.


Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

FBL-U20-BRA-ARG

A terrível campanha de três vitórias em nove jogos - sendo apenas uma delas no hexagonal final -, abriu brecha para que selecionados inferiores tecnicamente em relação ao Brasil garantissem vaga no Mundial. Equador, Argentina, Uruguai e Colômbia representarão a América do Sul no principal campeonato da categoria.


Ao falar sobre o desempenho do Brasil na competição, o coordenador de base da CBF não usou meias palavras. Como destaca o ​Globoesporte, Branco criticou a campanha da Canarinho, reconhecendo que esperava bem mais do grupo: "A nossa campanha a tabela mostra. Foi muito ruim. Poderíamos dar algo mais (...) Não adianta tapar o sol com a peneira. Precisamos trabalhar para melhorar todas as seleções. A sub-15, sub-17, a sub-20. Dia de muita tristeza porque o Brasil, pelo futebol que tem, pela tradição que tem na base, não pode ficar de fora", afirmou o ex-jogador.

No entanto, ao ser questionado sobre mudanças na comissão técnica, o dirigente manteve a diplomacia, prometendo analisar e discutir internamente o trabalho do treinador Carlos Amadeu. O comandante, por sua vez, admitiu que a campanha foi aquém das expectativas, mas atrelou o mau desempenho à dificuldade de construir uma Seleção sem a liberação dos principais atletas da categoria por seus respectivos clubes. Branco falou sobre o tema.


"Cada vez mais é um grande problema que a gente tem. Aqui se analisarmos bem é eliminatória de Mundial. Nem no Mundial libera. Tem que mudar, até para o espetáculo melhorar. Amadeu é um grande técnico. Agora não adianta querer fazer aqui um balanço do trabalho dele. Vou chegar na CBF, a gente vai sentar com calma e tranquilidade", concluiu.

​​