Mais do que poupar jogadores em si, André Jardine enviou a campo um time bastante modificado contra a Ponte Preta, no último sábado (9), com o objetivo de buscar alternativas viáveis para setores que não estavam funcionando. No fim das contas, a medida somente aumentou as dúvidas e preocupações da comissão técnica do ​São Paulo, já que as apostas responderam mal e levaram o Tricolor a novo resultado negativo no ano.


Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

Pablo Guinazu,Hernanes

No fim de semana, Jardine testou Hernanes como segundo volante, promoveu o garoto Antony no ataque tricolor e poupou alguns titulares como Bruno Peres, Jucilei e Pablo, criticados pela atuação na derrota por 2 a 0 para o Talleres na Argentina. Como destaca o ​UOL Esportes, as mudanças não trouxeram o resultado esperado, principalmente no meio-campo: o Profeta praticamente ficou sem função ao ser recuado, limitando-se a passes curtos e pouquíssimas chegadas ao ataque, uma de suas principais qualidades.


Sem poder contar com Hudson, expulso no jogo de ida, e notando alguns de seus medalhões em má fase técnica, André Jardine tem um verdadeiro 'quebra-cabeça' para resolver nas próximas horas. Com apenas mais um treinamento até o dia do jogo, as dúvidas de qual São Paulo levar a campo parecem se acumular na cabeça dos membros da comissão técnica.

​​Em paralelo ao desarranjo do meio-campo, o Tricolor Paulista também vê o seu sistema defensivo longe da performance ideal​Todos esses fatores em conjunto levaram a equipe do Morumbi ao seu pior início de temporada nos últimos 27 anos, com três vitórias e quatro derrotas em sete partidas oficiais. Ainda assim, Jardine crê que sua equipe tem plenas condições de reverter a desvantagem de 2 a 0 diante do Talleres, na próxima quarta (13).


"É o momento de todos, direção, comissão, jogadores e a torcida, virar a página. Estamos passando por um momento difícil, mas na quarta-feira temos todos que unir forças e puxar a corda para o mesmo lado. O São Paulo como clube precisa de mobilização total, é o retorno ao nosso estádio, vai ser atmosfera completamente diferente do que foi hoje. O time vai entrar aguerrido, concentrado, e vamos fazer nossa melhor partida do ano", afirmou.

​​