Janela de transferências é aquele período em que Alexandre Pato, certamente, será especulado por algum clube da Série A. Assim como Tardelli, ​que está em negociações ativas com o Atlético-MG, o atacante ex-Inter e Corinthians se mantém como nome que não sai do imaginário de diversas torcidas brasileiras. Em tempos recentes, Pato já esteve na mira do Flamengo​mas as notícias da vez dão conta de que dois rivais paulistas sonham com sua chegada: o São Paulo, por onde atuou entre 2014 e 2015; e Santos, a pedido de Sampaoli.


Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​Ao que tudo indica, o atacante de 29 anos está insatisfeito com os salários atrasados no Tianjin Quanjian, e vê com bons olhos um retorno ao futebol brasileiro neste momento. Fontes cravam que o atleta busca rescisão amigável junto ao clube chinês, o que facilitaria bastante a missão de qualquer clube da Série A interessado em sua contratação. É fato que a Liga Chinesa não é o melhor dos parâmetros, mas as estatísticas de Pato mostram que ele não desaprendeu a fazer gols: 36 bolas na rede em 60 partidas (boa média de 0.6/jogo). Diante do cenário, qual é o espaço de Pato na elite do futebol brasileiro? Em quais clubes Pato encaixaria, tanto esportivamente, quanto financeiramente? Vamos analisar.

Alexandre Pato

No quesito afetivo, ou seja, equipes com as quais o atleta têm identificação, pensamos em ​Internacional e ​São Paulo. Atualmente, os dois clubes contam com nomes pesados para suas respectivas referências de ataque: Paolo Guerrero e Pablo. No entanto, ambos disputam a ​Copa Libertadores de 2019 e terão calendários exaustivos, o que demanda uma profundidade importante nos elencos. O Colorado passa por situação financeira complexa, o que colocaria, nesta disputa específica, o Tricolor Paulista em vantagem


A nível de carência, ​Atlético-MG e ​Santos são duas equipes que buscam incessantemente um centroavante no mercado. Os dois, com esforços e mobilização interna, poderiam arcar com os vencimentos de Pato. O jogador certamente seria titular na Vila Belmiro, muito em função de seu nome ser aprovado por Jorge Sampaoli, que já trabalha nos bastidores pelo convencimento do atleta em retornar ao Brasil. Na Cidade do Galo, Ricardo Oliveira mantém o status de dono da posição, e a busca dos mineiros é por um suplente de qualidade.

Alexandre Pato

As exclusões óbvias ficam a cargo de ​Grêmio (rivalidade histórica por sua formação no Colorado) e ​Corinthians (passagem anterior frustrante). Palmeiras, Flamengo e Cruzeiro dificilmente entrarão em 'cabo de guerra' por Pato, muito em função de terem seus ataques muito bem preenchidos atualmente. Cariocas como Fluminense, Vasco e Botafogo até têm a necessidade técnica, mas não o cacife financeiro para viabilizar sua contratação.