​O Botafogo estreia neste domingo (20), na Taça Guanabara, quando às 19 horas encara a Cabofriense, no estádio Moacyrzão. Na última quinta-feira (17), o time realizou um jogo-treino, com portões fechados para a imprensa, quando se utilizando de uma mescla de reservas e titulares, não foi além de um empate em 1 a 1 frente ao Rio de Janeiro, time da Série D estadual. O resultado, não entanto, é o menor dos problemas do técnico Zé Ricardo, que de última hora ganhou dois grandes desfalques.

​​

Rodrigo Pimpão

​Após contrair uma virose, o atacante Rodrigo Pimpão sequer viajou com o elenco para o jogo, assim como o zagueiro Joel Carli, que está com fadiga muscular. Eles sem juntam a Léo Valencia, que havia se machucado durante a semana e também está fora de combate.


​Para cobrir a ausência de Pimpão, o treinador botafoguense deverá escalar um trio de ataque formado por Luiz Fernando, Leandro Carvalho e Kieza. Na zaga o substituto deverá ser Marcelo Benevenuto, cria das categorias de base do clube, formando assim dupla com Helerson. Isso abriu espaço para Glauber, destaque na última Copa São Paulo, ser relacionado para o duelo.

O provável time do Botafogo que estreará na Taça Guanabara deverá ter Gatito Fernández no gol, Marcinho, Marcelo Benevenuto, Helerson e Gilson formando a de defesa. O meio de campo terá Jean, Wenderson, João Paulo. O trio de ataque deverá contar com Luiz Fernando, Leandro Carvalho, Kieza.