O Grêmio continua sendo notícia no mercado de transferências. Nas últimas semanas, a possível ida de Walter Kannemann para o Independiente, da Argentina, se transformou num assunto bastante comentado entre os torcedores. Para evitar qualquer possibilidade de saída, ficou evidente que o Tricolor terá que abrir a carteira.



Conforme à ​Rádio Grenal, o representante do zagueiro argentino pediu para que o salário de Kannemann seja equiparado ao de Pedro Geromel, seu companheiro de zaga. Mesmo com um aumento que ocorreu no final do ano passado, os salário do argentino ainda está abaixo do que recebe Geromel.


A direção chegou a oferecer novos números ao defensor, mas não foram suficientes. A tendência é o representante do jogador participar de uma nova reunião com a diretoria gremista, onde será tratado sobre o futuro do gringo.


Hoje, encontrar um bom zagueiro no mercado é algo muito difícil, por isso, o ​Grêmio não tem nenhum interesse em vende-lo. A proposta dos argentinos pelo atleta teria que ser muito vantajosa financeiramente para convencer o gigante gaúcho a mudar de ideia, mas isso dificilmente acontecerá.