O final de semana que se aproxima promete ser decisivo para o futuro de alguns clubes da Série A. Além do Flamengo, o ​Internacional também passará por eleições presidenciais no sábado (8), pleito que conta com apenas duas chapas e deve movimentar mais de 60 mil sócios votantes. O ​UOL Esportes entrevistou os dois candidatos que disputam o cargo máximo de gestão do Colorado, levantando propostas e opiniões sobre temas importantes para o clube. Conheça os postulantes e suas ideias:


Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​Chapa 01: Paixão, Trabalho e Resultados

Presidente: Marcelo Medeiros

VicesJoão Patrício Herrmann, Alexandre Chaves Barcelos, Humberto Cesar Busnello e José de Medeiros Pacheco.

Marcelo Medeiros representa a Chapa 01
TemasPropostas
FutebolContinuidade ao trabalho atual de reconstrução do clube;
Qualificação da equipe para a conquista de títulos em 2019.
GestãoEficiência e qualificação através de executivos de ponta;
Responsabilidade fiscal e intensificação de busca por receitas;
GigantinhoRemodelação do ginásio
BaseResultados dos dois últimos anos mostram que o clube está em um bom caminho na base; Seguir investindo no processo de seleção, crescimento e aproveitamento dos atletas.
Centro de TreinamentoEstrutura da Alvorada, onde treina a base, foi melhorada.
Ideia de juntar base e profissional no Guaíba, trabalho em andamento.
Beira-RioA favor do setor sem cadeiras; 
Ideia de conclusão já para o Estadual 2019;

Chapa 02: O Inter que Queremos

Presidente: Luciano Davi

Vices: Dannie Dubin, José Amarante, Roberto Siegmann e Guilherme Osório

Luciano Davi é o candidato da Chapa 02
TemasPropostas
FutebolApostar mais em ciência e tecnologia, elementos que ajudarão o desenvolvimento e crescimento de performance.
GestãoRecolocar o Inter entre os clubes de maior faturamento do país. Hoje, é apenas o décimo. Reduzir despesas e melhorar a relação com o sócio e a torcida, alavancar o ST.
GigantinhoO ginásio é patrimônio do clube e da torcida. Incentivar os projetos sociais que lá ocorrem e transformá-lo também em fonte de receita.
BaseInvestir pesado no desenvolvimento e melhora na maturação dos atletas. Disputar competições de maior nível técnico. Dar apoio e oportunidade no time principal, algo que se perdeu nos últimos anos.
Centro de TreinamentoConstrução de um CT de ponta é a engrenagem principal para o sucesso. Base, futsal, futebol feminino, todos no mesmo espaço.
Beira-RioA favor do setor sem cadeiras. 
Projeto responsável e adequado às medidas de segurança.