​A cada dia que passa, o sonho de ter seu estádio próprio fica ainda presente na vida do torcedor do Atlético-MG. Por enquanto, o clube segue dependendo de burocracias e autorizações para dar início à construção, só que já atua nos bastidores em busca de parcerias que gerem o retorno necessário e esperado do empreendimento.


Já segue a gente no Instagram? ​Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!



Apesar de ser o dono integral da arena, o clube não ficará responsável por sua administração. A ideia é encontrar uma empresa especializada no assunto, tanto que alguns contatos já foram feitos para que os contratos sejam assinados no momento em que todos os entraves burocráticos sejam superados. Segundo apuração do ​Globoesporte.com, a WTorre, empresa de engenharia com sede em São Paulo e que é parceira do Palmeiras no Allianz Parque, aparece como candidata a assumir o estádio atleticano.


Estádio do Atlético-MG


Ela é vista com bom trâmite junto ao chamado mercado do entretenimento, já que a ideia é utilizar o local além das partidas de futebol, lucrando com shows e eventos culturais. Ou seja, a WTorre seria um atalho importante para driblar a concorrência e se aproximar destes potenciais clientes. Enquanto não se dá o chamado pontapé inicial da construção, o dinheiro da venda de 50% do Shopping Diamond Mall, pago pela Multiplan, segue rendendo. Inicialmente, o valor repassado foi de R$ 250 milhões. Como acabou aplicado, já passa dos R$ 290 milhões.


Palmeiras v Santos - Brasileirao Series A 2018