Após Cuca anunciar que não seguiria no comando técnico do Santos para 2019, a cúpula alvinegra redirecionou seus esforços e foco na busca por um novo treinador​O preferido de dirigentes e torcedores é o veterano Abel Braga, visto como nome ideal para lidar o clube alvinegro em seu processo de reconstrução previsto para a próxima temporada. Mas, apesar dos grandes esforços da diretoria santista em convencê-lo a aceitar o cargo, o "momento" joga contra um final feliz para esta negociação. Vou explicar o por quê:


Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​Em primeiro lugar, o Peixe deu grande azar de ficar sem comandante justamente na intertemporada mais agitada no mercado de treinadores. Há diversos clubes da Série A com suas comissões técnicas indefinidas - Corinthians, Fluminense, Flamengo, Vasco, São Paulo (?) -, consequentemente, há uma maior procura aos nomes de qualidade disponíveis. Dentre os treinadores brasileiros mais experientes, Abel Braga é, com sobras, o mais qualificado que ainda não está empregado. Consequentemente, é o mais concorrido.


Tamanho azar santista que o seu principal adversário na briga pelo treinador nem o via como plano A, inicialmente. ​Mas o fato de Renato Gaúcho ter novamente recusado a investida do Flamengo, quando tudo indicava que o acerto com o comandante gremista finalmente aconteceria, recolocou Abel Braga no radar rubro-negro. E com o clube da Gávea na jogada, a situação fica muito mais difícil para o time da Vila Belmiro. Não por tradição, peso da camisa ou coisas assim, já que o Santos é gigante. Mas pelo próprio perfil do veterano.

FBL-SUDAMERICANA-FLUMINENSE-LIGA

Dentro dos próximos dias, minha impressão pode se provar totalmente equivocada, e assumirei o erro. Mas acredito, neste momento, que Abel Braga optará pelo clube carioca. Por variadas razões que citarei a seguir: o conforto de sua família costuma pesar bastante nas decisões do treinador, que habita na cidade do Rio de Janeiro há longos anos; a 'demora' para a definição de seu destino, com um indicativo de que o comandante aguarda as ​eleições no Flamengo (dia 8); e o fato de encontrar na Gávea uma estrutura mais pronta e um elenco mais competitivo em relação ao Alvinegro Praiano.


O cenário no Santos é mais desafiador, complexo, por conta do possível desmanche no grupo de jogadores e ambiente político delicado. No Flamengo, a pressão não seria menor, mas o cenário está mais encaminhado para se desenvolver um trabalho. Isso deve pesar na escolha de Abel Braga. Aguardemos os eventos dos próximos dias.

Fluminense v Gremio - Brasileirao Series A 2017