Com vaga praticamente assegurada para a Libertadores de 2019, a diretoria do ​Internacional já começa a estudar seu elenco para a próxima temporada. A "espinha dorsal" do grupo colorado tem vínculo longo ainda por cumprir, mas a situação contratual de cinco atletas, que estão no clube via empréstimo, exige maior cuidado e deliberação da cúpula gaúcha e da própria comissão técnica. 


Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​​UOL Esportes detalhou a situação contratual de cada um desses jogadores - todos os vínculos expiram em dezembro de 2018 -, seus clubes de origem e a probabilidade de serem mantidos no elenco colorado (via renovação do empréstimo ou compra) para 2019. Confira:


​JogadorPosiçãoClube de origemSituação no Internacional
​Fabiano​Lateral​Palmeiras​Apesar da falha contra o Santos, tem moral no elenco e faz uma boa temporada, no geral. Deve ser adquirido via cláusula de compra.
​Leandro Damião​Atacante​Santos​Entre lesões e gols decisivos, a situação do atacante é dúbia. Sua identificação com o clube é grande, mas sua pedida financeira é vista como alta. Incógnita.
​Rithely​Meia​Sport​Outra incógnita. O jogador chegou ao Beira-Rio no meio do ano, mas ainda não estreou, pois se recupera de uma cirurgia. Sua permanência depende do pagamento de uma cláusula junto ao Sport.
​Wellington Silva​Atacante​Fluminense​Dentre os listas, é o que menos tem chance de permanecer em 2019. Convivendo com lesões, deve ser 'substituído' por bons valores que despontam na base colorada.
​Rossi​Atacante​Shenzhen FC​Frequentemente aproveitado por Odair, é uma forte opção de lado de campo. É desejo do Inter sua permanência, mas a negociação com os chineses promete ser complicada ($).