​A terça-feira é especial na Europa. Afinal, está começando a fase de grupos da ​Liga dos Campeões, principal competição de clubes do mundo e que irá até o dia 1º de junho de 2019, quando os finalistas disputarão o título no estádio Wanda Metropolitano, nova casa do Atlético de Madri. E para quem torce para os brasileiros se darem bem no torneio, a chance de ao menos um deles erguer a taça é praticamente de 100%. Nos últimos quatro anos, nunca houve tanto atleta verde-amarelo disputando a “orelhuda”.


Já segue a gente no Instagram? ​Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!



No total, 70 brasileiros vão jogar o torneio, número inferior apenas ao de 2014, quando 79 atletas entraram em campo. A lista feita pelo ​blog do Rafael Reis considera apenas nomes aptos a defender a seleção brasileira. Ou seja, profissionais como Diego Costa (Atlético de Madri, da Espanha), Mário Fernandes (CSKA Moscou, da Rússia) e Marlos (Shakhtar Donestsk, da Ucrânia) não fazem parte desta conta.


Manchester United v Real Madrid - International Champions Cup 2018


Dos 32 clubes que iniciam o torneio, 29 possuem jogadores brasileiros. As únicas exceções são Borussia Dortmund (Alemanha), Vitoria Plzen (República Tcheca) e Young Boys (Suíça). Em compensação, não é novidade alguma que o Shakhtar seja o time com a maior quantidade de brazucas: nove. Para esta nova temporada do futebol europeu, o meio-campista Arthur, do Barcelona, o atacante Vinicius Junior, do Real Madrid, e o lateral-direito Éder Militão, do Porto, são algumas das grandes novidades. Sem contar, obviamente, que o goleiro Alisson, agora no Liverpool, o meia Fred e o volante/lateral Fabinho, novas estrelas do Manchester United, e o meia-atacante Douglas Costa, comprado pela Juventus, protagonizaram transferências vultuosas e, por consequência, também se tornam estrelas a serem acompanhadas de perto na Champions.


Crystal Palace v Liverpool FC - Premier League