Para além da ambição de fazer história e frear o jejum que já dura uma década no Morumbi, elenco e comissão técnica do São Paulo "ganharam", nas últimas semanas, um fator a mais para se motivar em busca do título brasileiro.


Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​De acordo com o ​Globoesporte, o grupo se uniu ainda mais após as diversas polêmicas de arbitragem que marcaram os confrontos contra Flu e Atlético-MG. Nas duas ocasiões, o São Paulo se queixou da arbitragem, alegando ter sido lesado pelas decisões do apito.


Contra o Tricolor Carioca, o atacante Diego Souza recebeu cartão vermelho direto, por tentativa de agressão. O lance dividiu opiniões entre comentaristas de arbitragem: para alguns, exagero; para outros, justo. Contra o Galo, a reclamação foi acerca de uma penalidade não assinalada, em lance que a bola explode no braço do zagueiro Léo Silva,.

As declarações acaloradas de Raí após a partida contra o Galo, no Horto, acirraram ainda mais o clima de "nós contra eles" que permeia os bastidores do clube. Em julho, ​o dirigente já havia se manifestado acerca de arbitragens controversas contra o São Paulo.


Precisando retomar o caminho das vitórias para voltar à liderança, posição hoje ocupada pelo Internacional, o Tricolor Paulista recebe o Bahia no próximo sábado (8), às 19h.

​​