Vivendo o melhor momento de sua carreira, com o auge vindo pela convocação de Tite, Pedro teve seu sonho interrompido por uma fatalidade. Durante o confronto contra o Cruzeiro, o atacante sofreu um estiramento nos ligamentos do joelho, lesão que o tirará de combate por três semanas e o ​impedirá de defender a Seleção Brasileira nos amistosos de setembro.


Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​Apesar das inúmeras opções para o setor ofensivo, bastante reforçado na última janela, o Fluminense tem todos os motivos para lamentar a baixa de seu artilheiro. Os números levantados pelo ​Globoesporte revelam como a equipe é "refém" de seu camisa 9: nos momentos em que Pedro não esteve em campo pelo Flu no Brasileirão - fora por dois jogos (Paraná e Fla) e substituído em outros sete -, o Tricolor Carioca anotou apenas um gol.

A "Pedrependência" se justifica pela atuação incansável do centroavante nos momentos ofensivos do time: 10 gols, duas assistências, 55 finalizações (quase três por jogo, representando 22,1% das finalizações totais do time no Brasileiro), 60% de participações decisivas enquanto esteve em campo, 33,3% dos gols da equipe na temporada.


Caso realmente desfalque o Tricolor Carioca por três semanas, Pedro deve perder quatro jogos pelo Campeonato Brasileiro: São Paulo (F), Vitória (C), Botafogo (C) e Atlético-PR (F). 

​​