​Não é de hoje que o campeonato estadual do Rio de Janeiro vem apresentando números alarmantes sob o aspecto do ​interesse do público pela competição. Mas em 2018 parece ter atingido o ápice do seu esvaziamento. Os motivos para isso são vários, assim como as inevitáveis comparações com vizinhos de região Sudeste.


Flamengo v Vasco da Gama - Brasileirao Series A 2017

Para se ter uma ideia, as semifinais da Taça Rio envolvendo os clássicos Vasco x Botafogo e Fla-Flu (realizados no estádio Nilton Santos), somados, não conseguiram chegar à metade da renda da partida entre Palmeiras e Novorizontino pelas quartas de final do Paulistão. Quem atentou para este detalhe foi o site ​UOL Esporte, mostrando bem o abismo existente entre as duas realidades. Os jogos dos cariocas, no meio de semana, renderam um total de R$ 704.210,00. Já o Verdão arrecadou, sozinho, R$ 1.471.899,40 na vitória por 5 a 0 no Allianz Parque.


Contribuiu muito o fato de que o segundo turno do estadual gozava de pouco valor. O regulamento, um tanto quanto confuso, praticamente já havia dado como certa a presença dos quatro grandes nas fases derradeiras da competição. Isso sem falar no momento político-social caótico que vive a cidade, sob a tutela de intervenção militar e grave crise econômica que se alastra por diversos setores. Em meio a todo este contexto, é realmente difícil pensar em futebol.