​A liminar que liberava Gustavo Scarpa do contrato com o Fluminense e fez com que o meia-atacante chegasse sem custos ao Palmeiras ​caiu na última quinta-feira, mas isso não preocupa a diretoria alviverde. Segundo o site ​UOL Esporte, o clube paulista está otimista acerca de uma nova vitória do jogador nas próximas instâncias da Justiça.


f

O Palmeiras soube da decisão judicial por meio da imprensa, mas ainda não foi notificado oficialmente. Assim que isso acontecer, Gustavo Scarpa não poderá mais atuar pelo clube. Assim que o Alviverde receber o documento sobre a queda da liminar, poderá interceder para manter o meia em São Paulo.


A tendência, no entanto, é que os advogados do jogador sejam os responsáveis por recorrer da decisão na Justiça. O departamento jurídico do clube, é claro, prestará apoio. O Palmeiras mantém a tranquilidade no caso porque há documentos que comprovam o atraso de quatro meses de direitos de imagem e seis de FGTS por parte do Fluminense - tanto que a decisão da última quinta-feira foi apertada, com 5 votos a 4.

Mesmo que Scarpa não consiga a vitória judicial contra o Fluminense, o Palmeiras está protegido por uma cláusula contratual que responsabiliza o jogador por qualquer prejuízo financeiro causado pelo imbróglio com o time carioca.


(Fotos: Divulgação/Palmeiras)

​​