A Federação Paulista de Futebol (FPF) divulgou na última terça-feira as datas, horários e locais dos jogos das quartas-de-final do Estadual e as polêmicas não demoraram a surgir. De acordo com o ​Blog De Primeira, durante o Conselho Técnico que definiu o assunto, os presidentes de Palmeiras e Corinthians, Maurício Galiotte e Andrés Sanchez, respectivamente, tiveram uma áspera discussão.

Tudo começou com a sugestão de que o jogo de ida entre Bragantino e Corinthians fosse no Pacaembu, o que caracterizaria uma inversão de mando de campo. ​Galiotte pediu a vez para falar e disse que entendia que a mudança estava dentro das regras, mas que não a considerava boa para o campeonato.


Adriano Arrives at Corinthians

Andrés, por sua vez, responder o presidente rival e o acusou de pensar apenas no Palmeiras e não no torneio como um todo ou nos clubes pequenos - o Bragantino foi a favor de mandar o jogo no Pacaembu para contar com uma arrecadação maior em bilheteria. Ainda segundo o De Primeira, o mandatário da FPF, Reinaldo Carneiro, precisou interromper Sanchez e Galiotte para dar prosseguimento à reunião.

​​