Listas

6 times da Série A que mudaram de técnico ao longo da temporada de 2022 e melhoraram de rendimento

Fabio Utz
Scolari e Dorival fazem ótimos trabalhos em Athletico-PR e Flamengo
Scolari e Dorival fazem ótimos trabalhos em Athletico-PR e Flamengo / Wagner Meier/GettyImages
facebooktwitterreddit

Trocar de técnico em meio a uma temporada é muito arriscado, dizem alguns. Porém, há muitos casos em que a mudança representa a solução dos problemas - ou, no mínimo, o fim de uma crise. Veja 6 times da Série A que mudaram de treinador ao longo da temporada e, por consequência, cresceram de rendimento e ganharam nova perspectiva.

1. Athletico-PR

Luiz Felipe Scolari Felipão Athletico-PR técnico Libertadores Brasileirão
Felipão está a um empate de colocar o Furacão na final da Libertadores / Pedro Vilela/GettyImages

Luiz Felipe Scolari é o terceiro técnico do Athletico-PR na temporada. Entrou no lugar de Fábio Carille - que havia ocupado a vaga de Alberto Valentim - para recuperar o time na Libertadores (está a um empate da final, sendo que corria risco de eliminação ainda na fase de grupos) e colocá-lo, também, no G-6 do Campeonato Brasileiro.

2. Internacional

Mano Menezes Técnico Inter Internacional Brasileirão Série A
Colorado virou um time competitivo sob o comando de Mano Menezes / Fernando Alves/GettyImages

Alexander Medina foi um fracasso completo à frente do Inter. Com ele, o time sequer chegou à final do Campeonato Gaúcho e foi eliminado pelo Globo-RN na primeira fase da Copa do Brasil. A chegada de Mano Menezes garantiu à equipe um padrão de jogo e, mesmo com a eliminação para o Melgar-PER, em pleno Beira-Rio, na Copa do Sul-Americana, está em quinto lugar no Campeonato Brasileiro, apresentando um futebol bem mais consistente.

3. Flamengo

Dorival Junior Técnico Flamengo Série A Brasileirão Campeonato Brasileiro
Dorval elevou o patamar do Rubro-Negro / Wagner Meier/GettyImages

A chegada de Dorival Júnior ao Flamengo mostrou que o clube, apenas, perdeu tempo com Paulo Sousa, que sequer campeão carioca foi. O time, que vinha muito mal no Campeonato Brasileiro, chegou ao segundo lugar. Além disso, se encontra na semifinal da Copa do Brasil e da Libertadores. Apresenta, no momento, o jogo mais qualificado entre os clubes da Série A.

4. Fluminense

Fernando Diniz Técnico Treinador Fluminense Série A Campeonato Brasileiro
Diniz garantiu um novo estilo de jogo à equipe tricolor / Wagner Meier/GettyImages

A conquista do Campeonato Carioca não foi suficiente para garantir tranquilidade a Abel Braga, que pediu demissão do Tricolor. A escolha por Fernando Diniz, em um primeiro momento, parecia arriscada. Mas é fato que o futebol do Fluminense é outro. O time briga pelas primeiras colocações do Campeonato Brasileiro, encara qualquer adversário em condições de igualdade e também está na semifinal da Copa do Brasil.

5. Goiás

Jair Ventura Técnico Goiás Série A Brasileirão Campeonato Brasileiro
Esmeraldino não deve sofrer na reta final do Brasileirão / Wagner Meier/GettyImages

Jair Ventura assumiu um Esmeraldino que sequer campeão estadual havia sido. Pois agora é só olhar a distância em relação ao rival Atlético-GO. Dez pontos separam os dois times na tabela do Brasileirão. O Goiás tem tudo para levar uma campanha tranquila até o final e permanecer na elite. Já o Dragão corre sério risco de rebaixamento.

6. Santos

Lisca recuperou o Santos na tabela do Campeonato Brasileiro
Lisca chegou ao Peixe em momento conturbado / Hedgard Moraes/UAI Foto/Gazeta Press

O time vinha de goleada sofrida para o Corinthians na Copa do Brasil, eliminação na Sul-Americana e queda livre no Brasileirão. Pois a chegada de Lisca deu um novo rumo ao Peixe. Se o futebol ainda não é exuberante, é fato que o Santos já aparece em oitavo lugar na tabela da Série A, e o risco de rebaixamento está praticamente sepultado.

facebooktwitterreddit