6 técnicos brasileiros que têm perfil para trabalhar na Europa

Rogerio Ceni
Cruzeiro v Flamengo - Brasileirao Series A 2019 | Pedro Vilela/Getty Images

O sucesso recente de Jorge Jesus e o bom trabalho de Jorge Sampaoli no Brasil reascenderam a ideia de trazer nomes de técnico estrangeiros para cá. Mas e no caso de exportar nossos técnicos, quais seriam os nomes mais fortes para treinar um time na Europa? Claro que a língua é uma das principais dificuldades, pois teria que trabalhar com jogadores de diversos países. Superado esse obstáculo, confira seis técnicos brasileiros que poderiam trabalhar no Velho Continente.

Renato Portaluppi

Renato Gaucho
Gremio v Flamengo - Brasileirao Series A 2019 | Juliana Flister/Getty Images

Um técnico que ganha uma Libertadores está credenciado para disputar os campeonatos mais difíceis do mundo. Renato está no Grêmio desde 2016 e coleciona taças por lá, ao longo dos anos não se ouve falar em troca no comando gremista, a manutenção do trabalho é algo valorizado na Europa. O estilo de jogo ofensivo com toque de bola de qualidade que Renato coloca no seu time cairia muito bem nos gramados europeus.

Rogério Ceni

Rogerio Ceni
Sao Paulo v Fluminense - Brasileirao Series A 2017 | Alexandre Schneider/Getty Images

Apesar do pouco tempo como técnico, Rogério se mostrou disposto a inovar. O treinador foi estudar fora e aprender com os técnicos mais consagrados na Europa atualmente, como Jürgen Klopp e Guardiola. No Brasil faz um excelente trabalho no Fortaleza, onde conquistou o título da Série B, Copa do Nordeste e Campeonato Cearense. O trabalho no São Paulo mostrou que Ceni gosta de um futebol ofensivo, mas que apresentou falhas defensivas. No Cruzeiro o trabalho interrompido por divergências com alguns atletas dificultou em mostrar algo que salvasse o clube. Hoje mais experiente tenta aliar a ofensividade com o poder de marcação, se encaixar pode ir muito longe, pois é um dos estudiosos e vencedores do futebol.

Tite

Tite
Brazil v Senegal - International Friendly | Lionel Ng/Getty Images

Mais um campeão da Libertadores que já impõe respeito. Multicampeão no Corinthians e hoje técnico da Seleção Brasileira. Se Tite não tiver vaga em algum time da Europa, dificilmente outro brasileiro terá hoje em dia. Apesar do estilo de jogo mais resguardado, o treinador montou times que são capazes de definir um jogo em um lance e também de jogar bonito.

Roger Machado

Roger Machado
Santos v Bahia - Brasileirao Series A 2019 | Miguel Schincariol/Getty Images

Uma espécie de aprendiz de Tite, Roger Machado tem o perfil estudioso desde antes mesmo de se tornar treinador. Formado em Educação Física já nos tempos de atleta, o comandante do Bahia parece sempre disposto a aderir novos aspectos de seu trabalho, desde que com tempo adequado e muita paciência. Características fundamentais para se estabelecer no futebol europeu que preza pelo longo prazo.

Tiago Nunes

Tiago Nunes
Corinthians v Athletico PR - Brasileirao Series A 2019 | Alexandre Schneider/Getty Images

Apesar de não ter um início de trabalho brilhante no Corinthians, Tiago Nunes fez um excelente trabalho no Athletico-PR, que elevou o time de patamar. O toque de bola com qualidade e a ofensividade do Furacão fizeram com que o time fosse respeitado por todos os times no Brasil. Se conseguir encaixar o mesmo trabalho no Corinthians, Tiago com certeza estará entre os grandes nomes de técnicos do Brasil e seu estilo de jogo pode fazer com que o técnico consiga uma visibilidade maior na Europa.

Mano Menezes

Mano Menezes
Gremio v Cruzeiro - Brasileirao Series A 2018 | Lucas Uebel/Getty Images

Campeão por Cruzeiro, Grêmio, Corinthians e com passagem como técnico da Seleção Brasileira. Um currículo excelente e um esquema de jogo bem sólido. Mano é um daqueles técnicos que muitos criticam, mas sempre difícil de se enfrentar. No comando da Seleção foram 39 jogos com apenas 7 derrotas, vale lembrar que naquele momento havia uma renovação drástica no time brasileiro. Se fosse para a Europa, os times treinados por Mano Menezes seriam daqueles difíceis de tomar gols e bem posicionados na tabela.