Brasileirao Série A

6 líderes de "estatísticas escondidas" do Campeonato Brasileiro de 2021

Antonio Mota
Filipe Luís e Rony lideraram estatísticas pouco faladas após o término do Campeonato Brasileiro de 2021.
Filipe Luís e Rony lideraram estatísticas pouco faladas após o término do Campeonato Brasileiro de 2021. / PABLO PORCIUNCULA/GettyImages
facebooktwitterreddit

O Campeonato Brasileiro de 2021 acabou há cerca de duas semanas, no último dia 9. De lá para cá, muitas estatísticas entraram em pauta e esquentaram rodas de conversas entre os especialistas e também entre os fãs do esporte. Quem foi o artilheiro? Quem deu mais passes para gol? Quem fez mais desarmes? E, neste sentido, vários levantamentos foram feitos e prontamente divulgados.

Porém, ainda assim, muitos dados passaram em branco e acabaram sendo “esquecidos”, a exemplo de qual foi o jogador com mais impedimentos no Brasileirão. A seguir, veja 6 líderes de "estatísticas escondidas" na Série A de 2021 (Fonte: Footstats).

1. Média de passes certos – Filipe Luís (Flamengo): 65,59 passes certos por jogo

Filipe Luis Flamengo
Filipe Luís não viveu um grande ano no Flamengo, mas foi bem nos passes. / Bruna Prado/GettyImages

Embora não tenha vivido uma temporada tão boa com o Flamengo, Filipe Luís foi o jogador com a melhor média de passes certos no Campeonato Brasileiro. Nesta temporada, o lateral-esquerdo disputou 22 partidas na liga e acertou, em média, 65.59 passes por jogo (95.56%).

O veterano superou João Paulo, do Juventude, Alison, do Santos, e outros nomes.

2. Interceptações – Gabriel (Corinthians): 33 em 31 jogos

Gabriel Corinthians
Gabriel foi o grande cão de guarda do Corinthians em 2021. / Miguel Schincariol/GettyImages

Cão de guarda do Corinthians, o volante Gabriel foi o jogador com mais interceptações na última edição do Brasileirão. Ao todo, o camisa 5 realizou 33 interceptações certas em 31 partidas. Além disso, ele também foi o atleta com mais interceptações erradas na liga: 9.

O top-3 dos jogadores com mais interceptações certas na Série A de 2021 conta ainda com Rodrigo Dourado, do Internacional, e Éderson, do Fortaleza, ambos com 30.

3. Impedimentos – Rony (Palmeiras): 23 em 25 jogos

Rony Palmeiras
O elétrico Rony, do Palmeiras, “passou da linha” em muitos momentos no Brasileirão de 2021. / Pedro Vilela/GettyImages

O atacante Rony é tão veloz que muitas vezes acaba “passando da linha”. No Brasileirão de 2021, por exemplo, o camisa 7 do Palmeiras liderou o ranking dos jogadores com mais impedimentos em toda a liga: foram 23 em 25 partidas – quase um por jogo.

O número é muito alto e muito acima dos “concorrentes”, que não chegaram a vinte impedimentos: David, do Fortaleza, e Emiliano Rigoni, do São Paulo, completam o top-3, com 18 e 17, respectivamente.

4. Viradas de jogo certas – Nikão (Athletico-PR): 38 em 27 jogos

Nikão Athletico-PR
Vai uma virada de jogo aí? Nikão se destacou no critério na Série A de 2021. / Buda Mendes/GettyImages

Um dos destaques do Athletico-PR na temporada, Nikão entendeu o estilo de jogo do Furacão e foi fundamental para o sucesso da equipe no ano, sobretudo na campanha da Sul-Americana. No Brasileirão, o camisa 11 também foi bem e inclusive liderou o ranking de um quesito importante para o funcionamento do time: as viradas de jogo.

O meia-atacante disputou 27 partidas na Série A e acertou 38 viradas de jogos. Léo Ortiz (34 em 24 partidas), do Red Bull Bragantino, e Gustavo Scarpa (32 em 31), do Palmeiras, também se destacaram neste quesito.

5. Faltas cometidas – Thiago Santos (Grêmio): 76 em 27 jogos

Grêmio Thiago Santos
Thiago Santos cometeu muitas faltas no Campeonato Brasileiro. / Silvio Avila/GettyImages

Em meio ao desespero do Grêmio, Thiago Santos foi o jogador que mais cometeu faltas no Campeonato Brasileiro de 2021. Em 27 partidas, o volante cometeu 76 faltas – média de quase três por jogo. Pepê (73), do Cuiabá, e Marcão (69), do Sport, ficaram um pouco atrás do defensor do Imortal.

Curiosamente, os três jogadores defenderam clubes que caíram ou brigaram para não cair para a Série B neste ano.

6. Faltas recebidas – Marinho (Santos): 113 em 27 jogos

Marinho Santos
Em meio aos altos e baixos da temporada, Marinho levou muitas pancadas no Brasileirão. / Miguel Schincariol/GettyImages

Enquanto Thiago Santos, Pepê e Marcão “bateram”, Marinho “apanhou” no Campeonato Brasileiro de 2021. Nesta temporada, em meio aos altos e baixos, o atacante disputou 27 partidas e sofreu 113 faltas. Ele, inclusive, foi o único jogador a sofrer mais de 90 faltas em todo o torneio.

Sorriso, do Juventude, Éderson, do Fortaleza, e Ademir, do América-MG, sofreram 89 faltas e estão na vice-liderança do ranking.

facebooktwitterreddit