6 jogadores que perderam a fortuna acumulada e precisaram de um novo emprego

Nov 23, 2020, 7:36 AM GMT-3
FBL-PARAGUAY-CABANAS-ATTACK-ANNIVERSARY
NORBERTO DUARTE/Getty Images
facebooktwitterreddit

O futebol, em termos de fama e dinheiro, é praticamente uma mina de ouro. Mas isso para quem consegue lidar com o estrelato. Alguns atletas que fizeram sucesso dentro de campo precisaram exercer outra profissão no pós-carreira justamente por terem perdido a grana acumulada. Abaixo, lembramos seis casos emblemáticos.

1. Iván Zamorano

Olympic Soccer
Clive Brunskill/Getty Images

O que se diz é que, no ano de 2014, o chileno acumulou mais de 3 milhões de euros em dívidas e teve que se desfazer de vários bens. Para tentar resolver parte de seus problemas econômicos e recuperar um pouco do nível de vida que levava na época de jogador, resolveu trabalhar como comentarista esportivo.

2. Andy van der Meyde

Andy van der Meyde
Etsuo Hara/Getty Images

Surgiu nas categorias de base do Ajax e passou por clubes como Inter de Milão e Everton, sem contar que defendeu também a seleção holandesa. Depois de perder tudo, decidiu atuar no ramo de palestras motivacionais para evitar que outras pessoas cometessem o mesmo erro.

3. Andreas Brehme

Andreas Brehme
STAFF/Getty Images

Histórico jogador alemão e campeão do mundo, viu sua vida dar um giro inacreditável. Passou, inclusive, a limpar banheiros com o objetivo de sobreviver em função da falta de dinheiro.

4. Salvador Cabañas

Cristian Zapata, Salvador Cabanas
Luis Vera/Getty Images

O ex-atacante paraguaio foi enganado por sua esposa, que o deixou em completa ruína. Passou a trabalhar na padaria dos seus pais para ter um pouco de dinheiro.

5. Darío Silva

Uruguayan Dario Silva heads the ball sur
MIGUEL ROJO/Getty Images

O atacante uruguaio revelou que todo o dinheiro acumulado foi levado por seus representantes. Em 2006, sofreu um acidente e ficou sem uma perna. Virou garçom em uma pizzaria.

6. Müller

Muller of Sao Paulo
Shaun Botterill/Getty Images

O ex-atacante brasileiro disputou três Copas do Mundo, tendo vencido a de 1994. A fama, no entanto, não foi bem aproveitada, tanto que precisou recorrer ao comentário esportivo para ter um meio de sobrevivência.

facebooktwitterreddit