6 equipes que podem pintar na elite do futebol feminino em 2021

Nov 13, 2020, 1:17 PM GMT-3
Fluminense tenta retornar à elite da modalidade
Fluminense tenta retornar à elite da modalidade | Joao Carlos Gomes/MyPhoto Press/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

Ao mesmo tempo em que todos os holofotes do futebol feminino estão nas semifinais da Série A1 do Brasileirão, a segunda divisão da competição nacional vive, neste final de semana, sua rodada derradeira da fase classificatória.

Clubes tradicionais como Fluminense, Athletico-PR, Atlético-MG, Vasco, Ceará, Bahia e Botafogo sonham com a vaga na elite nacional, mas alguns deles já se encontram em situação crítica para avançar aos playoffs. Vale lembrar que apenas os quatro melhores da Série A2, ou seja, os semifinalistas, garantem o acesso.

A seguir, listamos 6 equipes que estão indo muito bem na competição e que despontam como favoritas a aparecer na elite do futebol feminino em 2021.

Bahia

O Esquadrão é um dos melhores times da primeira fase do Brasileirão Série A2, com campanha invicta de quatro vitórias em quatro partidas, além de 19 gols e anotados e apenas um sofrido. O grande destaque da equipe tricolor é a atacante Evelyn Gadú, autora de 8 gols em quatro jogos.

3B Sport

100% de aproveitamento e 28 gols anotados em quatro jogos credenciam a equipe amazonense ao posto de melhor da Série A2 do Brasileirão. Olho na atacante Paulinha, que já balançou as redes sete vezes nestes quatro confrontos.

Ceará

As Meninas do Vozão estão fazendo um grande trabalho na Série A2 até o momento, disputando 'cabeça a cabeça' a liderança do Grupo A com o ESMAC (PA). Campanha de três vitórias e um empate para as alvinegras, que podem garantir a primeira posição do grupo em caso de vitória somado a tropeço das paraenses.

Juventus-SP

A tradicional Juventus tem totais de ser mais uma representante do Estado de São Paulo na elite do futebol feminino em 2021. Com campanha de três vitórias e um empate, lidera o Grupo D da Série A2 e desponta como um dos candidatos fortes ao acesso.

América-MG

De bem com a vida com seu time masculino, o torcedor do Coelho também está tendo alegrias com sua equipe feminina: é a vice-líder do grupo D com campanha de três vitórias e uma derrota, com 16 gols anotados e apenas três sofridos. Boas chances do Cruzeiro ganhar um rival local na Série A1 do Brasileirão do próximo ano.

Napoli-SC

A equipe catarinense, da cidade de Caçador, lidera uma chave complicada e que conta com os tradicionais Athletico Paranaense e Fluminense. São quatro vitórias em quatro jogos, com onze gols marcados e nenhum sofrido.

Olho na situação dos gigantes:

Fluminense e Athletico Paranaense chegam à rodada final da fase de classificação brigando por uma vaga nas oitavas. O Furacão só depende de si: se vencer a lanterna do grupo F, Chapecoense, se garante entre os 16 melhores da Série A2.

Botafogo e Vasco ainda não encantaram na competição, mas dividem a liderança do grupo E com sete pontos cada. Devem avançar ao mata-mata mas, neste momento, estão em um nível abaixo dos demais citados acima.

O Fortaleza é o vice-líder do grupo B, atrás somente do implacável 3B Sport, e também é uma força a ser monitorada nesta Série A2.

facebooktwitterreddit