Futebol Feminino

6 coadjuvantes que podem decidir o dérbi que vale o título do Brasileirão Feminino

Antonio Mota
Gabi Portilho, Carol Baiana e outras feras: veja “coadjuvantes” que podem fazer a diferença para seus clubes na finalíssima do Brasileirão Feminino.
Gabi Portilho, Carol Baiana e outras feras: veja “coadjuvantes” que podem fazer a diferença para seus clubes na finalíssima do Brasileirão Feminino.
facebooktwitterreddit

É hoje! Neste domingo, 26, Corinthians e Palmeiras vão parar o país ao entrar na Neo Química Arena, às 20h (de Brasília), para disputar a derradeira final do Campeonato Brasileiro Feminino. Após vencer por 1 a 0 no Allianz Parque, o Alvinegro larga com uma boa vantagem, mas o Alviverde não pretende entregar essa taça sem brigar. Vai sair faísca no Dérbi Paulista.

Nesta direção, os arquirrivais de São Paulo vão com tudo o que têm e não pouparão esforços. E, como não seria diferente em duas equipes tão qualificadas, várias jogadoras estarão prontas para decidir, inclusive as que não estão entre as principais estrelas. A seguir, veja 6 coadjuvantes que podem decidir o dérbi que vale o título do Brasileirão Feminino.

Corinthians

Jheniffer  

Jheniffer Corinthians Palmeiras
Jheniffer foi muito importante na boa campanha do Corinthians. / LEONARDO SGUACABIA/Photopress/Gazeta Press

Uma estrela em ascensão. Jheniffer chegou ao Corinthians no começo deste ano e não precisou de muito tempo para mostrar o seu potencial. Com apenas 19 anos de idade e muita margem para evolução, a atacante disputou 13 partidas neste Brasileirão Feminino e marcou 8 gols. Os números impressionam e a colocam como uma das armas mais perigosas do Timão.

Victória Albuquerque

Jheniffer  Corinthians Brasileirão Feminino
Victória é uma das artilheiros do Corinthians no Brasileirão. / Pool/Getty Images

A mágica vai acontecer? Victória é uma das peças mais importantes do ataque do Corinthians e certamente é um dos nomes a tirar a paz da defesa do Palmeiras. Artilheira, a camisa 17 dribla, constrói e decide: marcou 9 tentos em 18 jogos neste Brasileirão. Uma ‘coadjuvante’ para o Verdão ficar de olho no derradeiro Dérbi Paulista.

Gabi Portilho

Gabi Corinthians Palmeiras Feminino
Gabi marcou o gol que vai dando o tri ao Corinthians. / ADRIANA SPACA/FramePhoto/Gazeta Press

Embora não tenha números tão agressivos quanto outras craques desta lista, Gabi Portilho mostrou nos primeiros 90 minutos da final do Campeonato Brasileiro Feminino que pode fazer a diferença. Com muito faro de gol e capacidade de finalização, a atacante marcou o tento que vai dando o tri para o Timão. O Verdão que se cuide...


Palmeiras

Carol Baiana

Carol Baiana Palmeiras Corinthians
Carol Baiano vem bem no mata-mata do Brasileirão Feminino. / ANDERSON LIRA/FramePhoto/Gazeta Press

O Palmeiras perdeu a sua principal jogadora da temporada, Bia Zaneratto, mas ainda conta com várias figuras de destaque, como Carol Baiana. Com 5 gols marcados em 15 jogos neste Brasileirão Feminino, a atacante foi importante na campanha do Verdão, em especial nas fases mais agudas – tendo marcado nas duas partidas contra o Grêmio nas quartas de final.

Chú Santos

Chú Palmeiras Corinthians Brasileirão
Chú é importante para o Palmeiras. / Gero Rodrigues/O Fotografico/Gazeta Press

Uma das atletas mais renomadas do Palmeiras, possuindo títulos de Libertadores, Mundial de Clubes, Copa América etc., Chú também pode fazer a diferença na derradeira final do Campeonato Brasileiro Feminino. Aos 31 anos, a experiente atacante foi muito bem nas semifinais – marcou 3 dos 5 gols contra o Internacional – e chega confiante à decisão nacional.

Maria Alves

Maria Alves Palmeiras Corinthians Brasileiro Feminino
Maria tem bons números no Brasileirão Feminino. / Gero Rodrigues/O Fotografico/Gazeta Press

Com passagens por São José, Santos, Juventus e outros clubes, além da Seleção Brasileira, Maria Alves merece uma atenção especial do Corinthians. Destaque do Palmeiras, a atacante tem ótimos números neste Brasileirão Feminino: 10 jogos, 4 gols e 3 assistências – ou seja, 7 participações diretas em gols. Vale destacar que ela marcou nas quartas e nas semis do torneio.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.

facebooktwitterreddit