​O meia Gustavo Scarpa foi derrotado na sua primeira tentativa de se desligar judicialmente do Fluminense. Nesta quarta-feira, a Justiça do Trabalho negou o pedido de rescisão apresentado pelos advogados do atleta.


Scarpa alega atraso nos pagamentos de salários, direitos de imagem e 13º, além de algumas parcelas do fundo de garantia. Além de negar o pedido, a juíza Dalva Macedo ainda questionou o valor de R$ 9,3 milhões apresentado pelo jogador - supostamente, essa seria a dívida do Flu com o meia.


Fluminense v Atletico PR - Brasileirao Series A 2017


Agora, a expectativa é que os advogados do camisa 10 recorram e que a batalha judicial se arraste por mais algum tempo. 




Veja também: ​Flu paga Scarpa, mas desagrada restante do elenco