Em jogo adiado da 17ª rodada do Brasileirão, a missão do Fluminense, que vem de vitória sobre o Atlético-GO, está traçada: encostar no G-6. E para isso acontecer, já sabe o que tem de fazer.


A partir das 20h, no Moisés Lucarelli, o Tricolor precisa derrotar a Ponte Preta para alcançar os mesmos 28 pontos do Sport, que hoje fecha a zona de classificação para a próxima Libertadores. Assim, o clube, que iniciou o ano sem muitas pretensões, vendendo muito mais que contratando, pode terminar o primeiro turno brigando de igual para igual (perdendo só no número de vitórias para os pernambucanos) por um lugar na parte nobre da tabela.


FBL-SUDAMERICANA-CATOLICAECU-FLUMINENSE


“Vamos enfrentar um time que é muito forte na sua casa. Não podemos deixar que eles consigam impor seu estilo de jogo, pois isso pode ser fatal”, alertou o técnico Abel Braga, que não contará com os meias Marlon Freitas e Marquinhos Calazans. Pelo lado da Macaca, o zagueiro Rodrigo, o meia Renato Cajá e o atacante Maranhão ficam de fora.


Ponte Preta: Aranha; Jeferson, Marllon, Luan Peres e Danilo Barcelos; Naldo, Elton e Léo Artur; Lucca, Saraiva (Claudinho) e Emerson Sheik. Técnico: Gilson Kleina.

Fluminense: Júlio César; Lucas, Renato Chaves, Henrique e Marlon; Mateus Norton, Orejuela, Wendel e Gustavo Scarpa; Wellington Silva e Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga.