​Já dizia Barão de Itararé: “De onde menos se espera, daí mesmo é que não sai nada”. Se a célebre frase é verdadeira, até isso o Corinthians consegue deixar para trás. Ao encerrar o primeiro turno do Campeonato Brasileiro com a melhor campanha da história da competição de pontos corridos com 20 clubes, o Timão mostra que fez as escolhas certas.


​​

Corinthians v Sport Recife - Brasileirao Series A 2017

O grupo, antes tido como a quarta força de São Paulo, se consolida a cada momento. O zagueiro Pedro Henrique e o meia Clayson são apenas dois exemplos de que nem sempre é preciso apostar em medalhões. Quando Pablo se lesionou, ali estava o defensor pronto para entrar. No momento em que Jadson passou a frequentar o departamento médico, o ex-jogador da Ponte Preta se apresentou naturalmente e tirou elogios do técnico Fábio Carille, responsável por pedir a sua contratação. “Contra o Sport, foi a melhor partida dele. Veio para acrescentar e está acrescentando bastante”, definiu.


Pedro Henrique, autor de um dos gols no final de semana (vitória por 3 a 1 sobre os pernambucanos), é só alegrias. “O professor trabalha igual com todos para quando aparecer uma oportunidade. Assim os jogadores que saem do banco deixam o time com o mesmo nível de concentração no campo”, disse o zagueiro. E é assim que o invicto Corinthians segue, a cada rodada, quebrando barreiras e deixando claro que a convicção é fundamental para se obter resultados.


​​