​Uma gravação obtida com exclusividade pelo ​Globoesporte.com revela prática de suborno para escalação de um jovem nas categorias de base do Corinthians. No áudio, de 8 de maio de 2016, aparecem três envolvidos.


zanardi


"Carlos", que na verdade seria Wilson Zaponi Gomes da Silva, pai de Marcio Zanardi, ex-técnico da equipe sub-17 do Timão, diz ter poder de influência nas formações das equipes de baixo do clube. Já "David Lopes Rodrigues" é pai do jogador Felipe, então na equipe sub-17, enquanto "Luiz" não foi identificado. Em uma reunião, "Carlos" pediu R$ 50 mil para que o garoto tivesse um "pai" dentro da instituição e assim pudesse receber uma chance entre os titulares. "Não é sacanagem o que estou falando, estou falando a verdade. Você precisa fazer uma forcinha para que as coisas caminhem direitinho", disse ele, enquanto era gravado.


Cheque


Embora o portal tenha tido acesso a uma transferência no valor de R$ 20 mil da empresa de David à conta de Zaponi, este último nega envolvimento no caso. Zanardi, demitido em outubro e hoje no sub-20 da Portuguesa, também diz desconhecer o fato. Durante o áudio, é possível notar que o pai do jovem já havia dado dinheiro a outras pessoas dentro do Corinthians. "O garoto, na idade que está, ele está cheio de esperança, de sonho", salientou. Segundo apuração há indícios de outras situações semelhantes. 


Roberto de Andrade


Em nota, o presidente Roberto de Andrade foi categórico: "Lógico que não tenho conhecimento deste tipo de prática dentro do clube. Se tivesse, teria tomado as devidas providências, pois jamais admitiria isso".


Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians/Divulgação


​​