Nesta terça-feira, o meia Ederson, do Flamengo, anunciou que foi diagnosticado com um tumor no testículo. Emocionado, o jogador fez um pronunciamento ao lado do médico Márcio Tannure, do diretor-executivo Rodrigo Caetano e do presidente Eduardo Bandeira de Mello


Atleta teve resultado analítico adverso positivo para doping. A gente suspeitou que pudesse, por todo histórico do atleta, com toda a confiança que a gente tem nele, que isso pudesse ser patologia do atleta. Porque desse resultado analítico adverso. Descobrimos que o atleta tem tumor no testículo – explicou Tannure.



Nesse momento é até difícil de ter palavras, me impactou muito. Mas agora sabendo de tudo, como doutor explicou, estou triste por essa notícia. Porém, estou muito tranquilo, ciente dos dias que virão pela frente. Sei que vai ser só mais uma batalha na minha vida. Pensamento positivo, agradecer a todos, da comissão, do clube. Fiz questão de reunir e explicar para eles - disse Ederson.



Em seguida, Eduardo Bandeira de Mello garantiu que o clube prestará toda a assistência necessária ao atleta. O mandatário mostrou confiança que o jogador irá superar esta momento tão difícil. 


– Vamos cuidar com todo cuidado. Tenho certeza absoluta que o resultado final vai ser positivo, que tudo vai dar certo. Que o Ederson muito em breve vai estar voltando a vestir a camisa do Flamengo. Queria deixar claro que o Flamengo vai dar apoio total a ele – afirmou EBM.


​​