Copa do Brasil

5 viradas para inspirar o Ceará a se classificar na Copa do Brasil

Matheus Nunes
Luan fechou a goleada na semifinal entre Flamengo e Atlético-MG e em 2014
Luan fechou a goleada na semifinal entre Flamengo e Atlético-MG e em 2014 / Pedro Vilela/GettyImages
facebooktwitterreddit

Ceará e Fortaleza decidem nesta quarta-feira (13) quem avança para as quartas de final da Copa do Brasil. A missão do Vozão não é nada fácil, pois perdeu o jogo de ida por 2 a 0. Para conseguir a classificação no tempo normal, o time comandado por Marquinhos Santos precisa vencer o rival por três ou mais gols de diferença. Se devolver a vantagem por dois gols aí a decisão será nos pênaltis.

Faltam seis vagas para saber quem estará na próxima fase do torneio, afinal Athletico-PR e Fluminense fizeram bonito e se classificaram.

1. Sport x Corinthians (2008)

Se de virada é mais gostoso, imagina quando vale título. Foi isso que aconteceu no confronto entre Sport e Corinthians, em 2008. Depois de perder fora de casa por 3 a 1, o Leão da Ilha tinha uma missão quase impossível no jogo de volta. Porém, as estrelas de Carlinhos Bala e Luciano Henrique brilharam e os jogadores marcaram os gols que deram o troféu para a equipe pernambucana. A partida terminou em 2 a 0.

2. Flamengo x Coritiba (2014)

Everton, Gabriel, Luis Antonio
O Rubro-Negro conseguiu uma virada surpreende após perder por 3 a 0 no jogo de ida / Buda Mendes/GettyImages

O time carioca era tido como eliminado após levar 3 a 0 do Coritiba no Couto Pereira em 2014. Porém, no Maracanã, o time comandado na época do Luxemburgo conseguiu devolver o placar e avançou nas penalidades máximas. Alecsandro, Jpão Paulo e Léo Moura perderam, mas na disputa final Canteros marcou e o goleiro Paulo Victor brilhou ao defender as cobranças de Hélder e Dudu.

3. Atlético-MG x Flamengo (2014)

O mesmo cenário se repetiu com o Galo na semifinal daquela edição. Após ser derrotado para o Flamengo por 2 a 0 no Maracanã, o Alvinegro levou a decisão da vaga para o Mineirão. Novamente saindo atrás no placar, o Atlético-MG precisaria fazer novamente quatro gols para avançar à final da competição. E teve emoção até o fim: com gol de Luan "Menino Maluquinho" aos 40 minutos do segundo tempo, os mandantes acabaram com a vantagem do rubro-negro e venceram por 4 a 1.

4. Atlético-MG x Corinthians (2014)

Guilherme, atacante do Atlético-MG em 2014
Galo de Guilherme foi campeão em 2014 / Buda Mendes/GettyImages

Pelas quartas de final em 2014, o Corinthians havia vencido o Atlético-MG na ida por 2 a 0, na Neo Química Arena. O Galo precisaria reverter a vantagem do adversário em casa, porém se levasse gol a situação ficaria ainda mais complicada. O Timão abriu o placar logo aos cinco minutos, com Guerrero. Tudo parecia perdido, mas os mandantes conseguiram virar o placar e derrotaram os paulistas por 4 a 1. O atacante Guilherme foi o destaque daquela partida, com dois gols e uma assistência.

5. Athletico-PR x Grêmio (2019)

O Grêmio fez valer seu mando de campo e venceu o Athletico-PR por 2 a 0, no primeiro jogo da semifinal em 2019. O que os gaúchos não esperavam era que o Furacão também ia inspirado para o confronto diante dos seus torcedores. A equipe paranaense repetiu o placar e levou a decisão para os pênaltis: 5 a 4 na Arena da Baixada e os mandantes foram para a final.

facebooktwitterreddit