Copa do Mundo 2022

5 uniformes que marcaram época nas Copas do Mundo

Lucas Humberto
Do manto da seleção brasileira de 1970 ao uniforme nigeriano de 2018: cinco camisas que marcaram época nas Copas do Mundo.
Do manto da seleção brasileira de 1970 ao uniforme nigeriano de 2018: cinco camisas que marcaram época nas Copas do Mundo. / Shaun Botterill/GettyImages
facebooktwitterreddit

A moda explica muita coisa. Quer entender quais são as tendências históricas, sociais, geracionais e metais das pessoas de uma determinada época ou evento? Observe como elas se vestiam. E é exatamente por isso que as camisas sempre narram as Copas do Mundo de forma única. Faltando menos de um ano para o Mundial do Catar, relembramos cinco uniforme que marcaram época.

1. Brasil (1970)

Pelé Brasil Copa do Mundo Uniforme
Camisa marcou toda uma geração de torcedores / Alessandro Sabattini/GettyImages

Numa época na qual a simplicidade bastava para narrar a história de uma das melhores seleções de todos os tempo, a Canarinho soube ser protagonista apostando na tradição da camisa amarela, calção azul e meias brancas. Não precisa de muito, os holofotes já estavam em Pelé, Jairzinho, Tostão e Rivellino.

2. Holanda (1974)

Holanda Uniforme Copa do Mundo
Holanda ficou com o vice-campeonato do Mundial / -/GettyImages

Da tática que surpreendeu o mundo ao timing perfeito. Vice-campeã do Mundial de 1974, a seleção holandesa, que à época tinha Johan Cruijff como grande astro, se transformou na grande sensação da época. Coincidência ou não, o polêmico e inesquecível Laranja Mecânica, de Stanley Kubrick, era um dos grandes sucessos cinematográficos.

3. Nigéria (2018)

Nigéria Copa do Mundo Uniforme
Camisa foi uma das grandes tendências do último Mundial / MARK RALSTON/GettyImages

Sucesso instantâneo da última Copa do Mundo, o manto nigeriano foi comercializado aos montes, inclusive esgotando ainda na pré-venda. Em histórias recentes de Mundial, nenhuma peça teve tanto impacto. Quase quatro anos mais tarde e a camisa segue como referência atual de como idealizar um uniforme.

4. França (1998)

Zinédine Zidane França Copa do Mundo Uniforme
Mundial de 1998 eternizou Zinédine Zidane na história da França / PIERRE VERDY/GettyImages

Quando a simplicidade já não bastava mais, a riqueza de detalhes passou a ser fundamental. E, diante da tendência, Les Bleus foram protagonistas em 1998. Além da conquista da taça, os franceses desfilaram um manto com listras brancas e vermelhas, além de vários detalhes nas mangas. Definitivamente não era o minimalismo que estamos acostumados hoje.

5. Alemanha Ocidental (1990)

Lothar Matthaeus Pierre Littbarski Copa do Mundo Uniforme
Alemanha Ocidental sagrou-se campeã da Copa de 1990 / STAFF/GettyImages

Provando mais uma vez que a moda, assim como a sociedade, é cíclica, a camisa da Alemanha Ocidental de 1990 dificilmente teria espaço nos dias atuais. Motivo? A quantidade de elementos. Embora hoje a tendência da sobriedade em cores e detalhes esteja de volta, o manto da seleção campeã na ocasião marcou época ao apostar num design único.

facebooktwitterreddit