Futebol brasileiro

5 treinadores que são conhecidos como "paizões" no mundo do futebol

Antonio Mota
Renato Gaúcho, Abel Braga e outros: veja os “paizões” do futebol brasileiro.
Renato Gaúcho, Abel Braga e outros: veja os “paizões” do futebol brasileiro. / Silvio Avila/Getty Images
facebooktwitterreddit

O Brasil comemora o Dia dos Pais neste domingo, 8 de agosto. Pensando nisso, o 90min decidiu recordar de cinco treinadores que são conhecidos no mundo da bola como “paizões” – sejam eles do estilo “linha-dura”, “parceiro” ou os dois. Confira:

1. Joel Santana

Joel Natalino Santana
O “Papai Joel” sempre cuidou muito bem das suas equipes. / Clive Rose/Getty Images

O consagrado Joel Santana, ou “Papai Joel”, é um dos maiores “paizões” do esporte no Brasil, como o apelido deixa bem claro. Ex-Flamengo, Vasco, Seleção da África do Sul e muitas outras equipes, o treinador se notabilizou no futebol por ter uma forma carinhosa e amiga de lidar com os seus atletas.

2. Abel Braga

Abel Braga Futebol
Abelão é um dos grandes pais do futebol do Brasil. / Buda Mendes/Getty Images

Embora às vezes tente correr desse rótulo, Abel Braga é um dos grandes ‘pais’ do mundo da bola. Aos 68 anos, o treinador construiu uma carreira de muito sucesso com esse jeito mais paternal e companheiro dos seus comandados. “É um paizão”, declarou Yuri Alberto, do Internacional, sobre o técnico tempos atrás, quando Abelão ainda estava na Beira-Rio.

3. Vanderlei Luxemburgo

Vanderlei Luxemburgo
Luxa também é conhecido por ser um ‘paizão’. / Bruna Prado/Getty Images

Recém-contrato pelo Cruzeiro, Vanderlei Luxemburgo pode ser bastante duro com jogadores e pessoas do mundo da bola, mas também pode ser um paizão. Com facilidade para trabalhar com jovens e veteranos, o técnico sabe utilizar o seu estilo para gerir muito bem os seus grupos. É, no fim das contas, um super papai do futebol.

4. Felipão

Luiz Felipe Scolari Grêmio
“Rabugento”, mas paixão... esse é Felipão. / Wagner Meier/Getty Images

Felipão é linha-dura – e até ranzinza em alguns momentos –, mas dá conselhos, cuida dos seus atletas e trata muito bem daqueles que estão em seu vestiário. O comandante do Grêmio é um paizão clássico e de primeira linha.

5. Renato Gaúcho

Bruno Henrique, Renato Gaucho
Renato Gaúcho é mais do que um amigo ou um treinador. / Wagner Meier/Getty Images

Renato Gaúcho é um cara diferenciado e que trabalha muito bem o seu estilo paizão. Boleiro, mas exigente, o treinador do Flamengo protege os seus jogadores e os deixa muito confortáveis para focar no campo e bola – e isso sempre mantendo o seu comando. É um pai moderno.

facebooktwitterreddit