5 times que prometeram muito e foram um fiasco

Fabio Utz
Time do São Paulo, em 2015, contava com grandes nomes em todos os setores
Time do São Paulo, em 2015, contava com grandes nomes em todos os setores / Friedemann Vogel/Getty Images
facebooktwitterreddit

Time bom nem sempre ganha. Isso é mais comum do que se pode imaginar. Pois, ao longo da história, clubes brasileiros tiveram temporadas em que investiram e ficaram no "quase". É hora de relembrar cinco equipes que prometiam muito e não entregaram quase nada.

1. Grêmio - 2000

Gabriel Amato Grêmio 2000 Fracasso ISL
Gabriel Amato foi um dos nomes trazidos pela direção / Ben Radford/Getty Images

O time da ISL, com suas estrelas, fracassou. Astrada, Amato, Paulo Nunes, Nenê... A equipe, montada para buscar grandes títulos naquele ano, contava ainda com Ronaldinho Gaúcho e, no máximo, chegou à semifinal da Copa João Havelange (assim foi denominado o Campeonato Brasileiro). Título que é bom...

2. Flamengo - 1995

Romário Sávio Edmundo Ataque 1995 Fracasso
Romário desembarcou na Gávea, para delírio dos rubro-negros / Ben Radford/Getty Images

O ataque de Romário, Sávio e Edmundo não deu nada certo. Tanto que foi apelidado de "o pior do mundo". O Fla acabou perdendo até mesmo o Campeonato Carioca - Renato Portaluppi, com um gol de barriga, deu a taça ao Fluminense. O melhor resultado se deu na Supercopa da Libertadores, com o vice-campeonato

3. Internacional - 2011

Internacional Bolatti 2011 Temporada Fracasso
Bolatti chegou para reforçar o Colorado, mas não deu muito resultado / Edu Andrade/Getty Images

O Colorado, mesmo com o fracasso diante do Mazembe no fim do ano anterior, vinha do título da Libertadores e reforçou seu elenco com nomes como Cavenaghi e Bolatti. Pois o time caiu nas oitavas da competição continental, em casa, diante do Peñarol. As estrelas foram suficientes, apenas, para ganhar o Gauchão.

4. São Paulo - 2015

Luis Fabiano São Paulo 2015 Fracasso Temporada
Nem Luis Fabiano conseguiu ajudar muito o Tricolor / Friedemann Vogel/Getty Images

Um time que tem Rogério Ceni, Rodrigo Caio, Reinaldo, Ganso, Michel Bastos, Alexandre Pato e Luis Fabiano, na teoria, não é feito para perder. Pois só perdeu. A temporada fez parte do gigante jejum de títulos do Tricolor.

5. Cruzeiro - 2019

Rodriguinho Cruzeiro 2019 Meia Fracasso
Meia foi apenas uma das contratações da Raposa / Bruna Prado/Getty Images

O rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro foi apenas uma consequência de uma administração perdulária. No entanto, é fato que a Raposa investiu, e muito, para a temporada que culminou na sua queda. Dodô, Orejuela, Pedro Rocha, Marquinhos Gabriel, Jadson, Rodriguinho. Todos chegaram ao clube naquele ano.

facebooktwitterreddit