Brasileirao Série A

5 técnicos que recentemente abandonaram trabalhos no meio do caminho para assumir outros clubes

Fabio Utz
Vagner Mancini ficou conhecido nos últimos anos por conta disso
Vagner Mancini ficou conhecido nos últimos anos por conta disso / Buda Mendes/GettyImages
facebooktwitterreddit

Por vezes, os técnicos reclamam que são demitidos sem o mínimo de tempo necessário para implantar uma filosofia de trabalho. No entanto, não são raros os casos de profissionais que abandonam uma equipe em meio a uma temporada para ir treinar outro clube. Que tal esses cinco exemplos recentes ocorridos no futebol brasileiro?

1. Enderson Moreira

Enderson Moreira Ceará Cruzeiro Técnico Treinador
Profissional optou por sair do Ceará rumo ao Cruzeiro / MB Media/GettyImages

Em março de 2020, pediu demissão do Ceará para assumir o comando do Cruzeiro. Na época, acreditava que pudesse mudar o panorama da Raposa e tirá-la da Série B, o que não aconteceu.

2. Rogério Ceni

Rogério Ceni Técnico Treinador Fortaleza
Treinador deixou o Fortaleza em duas oportunidades / Alexandre Schneider/GettyImages

A situação de Ceni é peculiar. Deixou o Fortaleza duas vezes no meio do trabalho para assumir Cruzeiro (2019) e Flamengo (2020). Mesmo assim, conta com o carinho da torcida.

3. Vagner Mancini

Vagner Mancini Técnico Treinador América-MG Grêmio 2021
No ano passado, treinou saiu do América-MG rumo ao Grêmio / DANIEL MUNOZ/GettyImages

É outro que já abandonou trabalhos pela metade em mais de uma oportunidade. Em 2020, saiu do Atlético-GO rumo ao Corinthians. Em 2021, pediu desligamento do América-MG e desembarcou no Grêmio.

4. Eduardo Coudet

Eduardo Coudet Técnico Inter Internacional Lisca
Argentino abandonou o Inter em meio ao Brasileirão de 2020 / Getty Images/GettyImages

Em meio ao Brasileirão de 2020, surpreendeu a todos no Inter e pediu para sair - e olha que o clube brigava pelo título. Teve como destino o Celta de Vigo, da Espanha.

5. Lisca

O caso mais recente é o de Lisca. Depois de três semana no comando do Sport, pediu demissão para assumir o Santos. A galera na Ilha do Retiro não quer vê-lo por perto.

facebooktwitterreddit