Premier League

5 polêmicas que marcaram o eletrizante empate entre Tottenham e Liverpool

Nathália Almeida
Tottenham e Liverpool protagonizaram jogo eletrizante em Londres
Tottenham e Liverpool protagonizaram jogo eletrizante em Londres / Alex Pantling/GettyImages
facebooktwitterreddit

Defesas milagrosas dos dois goleiros, falhas inesperadas, gols perdidos por quem está acostumado a decidir... Na tarde deste domingo (19), rolou um pouco de tudo no jogo mais esperado da rodada na Premier League, entre Tottenham e Liverpool.

Tamanho equilíbrio entre os dois esquadrões só poderia culminar em uma persistente igualdade no placar final: empate em 2 a 2, resultado que não agrada nenhuma das duas equipes dentro de seus respectivos objetivos no Campeonato Inglês.

E por falar em não agradar, o que dizer da arbitragem de Paul Tierney em Londres? Perdido, o juiz de campo acabou sendo o destaque negativo do confronto. A seguir, enumeramos algumas das muitas polêmicas que marcaram o confronto entre Tottenham e Liverpool:


1. Pênalti (não-marcado) de Emerson em Jota

Ainda na primeira etapa da partida, a torcida dos Reds reclamou muito de um suposto pênalti de Emerson Royal em Diogo Jota, ignorando pelo juiz de campo e pelo VAR da partida. No replay do lance, percebe-se que o lateral brasileiro sequer disputa a bola, e vai direto nas costas do rival.

2. Carrinho de Harry Kane

O Tottenham vencia o clássico por 1 a 0 quando seu camisa 10 e principal jogador, Harry Kane, correu um risco absurdo de deixar sua equipe na mão com 70 minutos de jogo ainda pela frente. Em um carrinho perigoso e muito displicente, o centroavante flertou com a expulsão, mas escapou do cartão vermelho pela benevolência de Tierney.

3. Pênalti (não-marcado) em Dele Alli

Dele Alli, Trent Alexander-Arnold
Alli foi empurrado dentro da grande área por Trent Alexander-Arnold / Julian Finney/GettyImages

Já no segundo tempo, quando o marcador apontava 1 a 1, Dele Alli foi lançado na velocidade, adentrou sozinho a grande área e foi empurrado pelas costas por Trent Alexander-Arnold. Tierney e o VAR mandaram o jogo seguir.

4. Mão de Salah na origem do gol de Robertson

Logo em seguida ao suposto pênalti em Dele Alli, o Liverpool foi ao ataque e assumiu a liderança no marcador através de uma controvérsia: da origem da jogada, Salah cabeceia a bola contra seu próprio braço e, em seguida, a bola acaba chegando em Robertson, que completou para o fundo das redes. Houve grande debate se o tento deveria ter sido anulado por bola na mão, mas o árbitro de campo acabou mantendo o gol.

5. Pontapé e expulsão de Robertson

Fechando a série de polêmicas que marcaram o encontro entre Spurs e Reds, tivemos a expulsão de Robertson, autor do segundo gol do Liverpool em Londres. Ainda que muitos tenham concordado com o cartão vermelho ao lateral-esquerdo neste lance - deu um pontapé em Emerson Royal -, muitos torcedores vermelhos questionaram o critério da arbitragem, que não expulsou Kane no primeiro tempo. Faz sentido?

facebooktwitterreddit