Futebol brasileiro

5 nomes que perderam espaço no Atlético-MG em 2021 e seriam titulares em rivais da Série A

Lucas Humberto
Igor Rabello foi um dos protagonistas do Galo na final da Copa do Brasil
Igor Rabello foi um dos protagonistas do Galo na final da Copa do Brasil / Pedro Vilela/GettyImages
facebooktwitterreddit

Questões físicas, técnicas, calendário intenso, limite de estrangeiro ou simples escolha do treinador. Várias podem ser as explicações do porquê um determinado jogador perde espaço. No Atlético-MG de 2021 ainda há outro possível motivo: excesso de bons nomes nas mais variadas posições.

Pensando justamente nesses jogadores, resolvemos listar cinco nomes que, no decorrer deste ano, perdem espaço no Galo, mas certamente seriam titulares em rivais da Série A. Aliás, com o mercado de transferências a todo vapor, ainda dá tempo...

1. Nacho Fernández

Ignacio Fernández Atlético-MG
Premiado meio-campista não terminou a temporada como titular / Pool/GettyImages

Multipremiado em termos individuais pelo desempenho no Atlético, Nacho Fernández não esteve tão absoluto assim na reta final da temporada. Tecnicamente não há discussões: o argentino é muito acima da média. Acontece que, fisicamente, a queda foi notória.

A soma de pesado calendário brasileiro, desgaste natural e covid-19 produziu um caos que talvez nem o próprio meio-campista estivesse preparado. De qualquer forma, a titularidade seria garantida em quase todos os rivais da elite.

2. Hyoran

Hyoran Atlético-MG
Hyoran está na mira do Coritiba / Pedro Vilela/GettyImages

Recentemente ligado ao Coritiba, Hyoran não conseguiu lidar com a fortíssima concorrência no meio-campo do Galo. Ele até recebia alguns pontuais minutos no início da campanha mas, na reta final, não era difícil esquecer que ele estava à disposição de Cuca. Tem potencial para brilhar no futebol brasileiro.

3. Igor Rabello

Vargas Igor Rabello Copa do Brasil Atlético-MG
Igor Rabello teve grande atuação na decisão da Copa do Brasil / Pedro Vilela/GettyImages

Subestimado, Igor Rabello passou grande parte do ano no banco de reservas mas, quando Cuca precisou acioná-lo, viu resultado instantâneo. Na final da Copa do Brasil, os cortes providenciais do zagueiro impediram qualquer ensaio de tentativa do Athletico-PR. Será que Nathan Silva ganhou um concorrente pra 2022?

4. Jefferson Savarino

Jefferson Savarino Atlético-MG
Savarino em ação pelo Galo / Pedro Vilela/GettyImages

Falar em perder espaço talvez seja demais para Jefferson Savarino. Contudo, fato é que o ponta não teve tanto protagonismo assim nos últimos meses do ano. As explicações? Lesão, limite de estrangeiros e qualidade do plantel. Para acomodá-lo no XI inicial, algum dos titulares teria de sair. Em outros clubes, o encaixe seria imediato...

5. Alan Franco

Na mira do Charlotte FC, da Major League Soccer (MLS), Alan Franco parte em busca de mais minutos em campo. Tendo marcado presença em apenas 14 jogos defendendo as cores do Galo na temporada, o venezuelano também foi "castigado" pelo limite de estrangeiros. Anteriormente, o volante havia sido ventilado no Fortaleza. Ainda dá tempo...

facebooktwitterreddit