Opinião

5 motivos para acreditar que a volta de Renato seria, hoje, o melhor caminho para o Grêmio

Fabio Utz
Treinador teve seu nome gritado pela torcida no Serra Dourada
Treinador teve seu nome gritado pela torcida no Serra Dourada / Pedro Vilela/GettyImages
facebooktwitterreddit

O Grêmio vai terminar o mês de maio sem ter vencido uma partida sequer na Série B. Como consequência, está fora do G-4 e causando calafrios em sua torcida, que clama por uma reversão imediata de cenário.

Neste sentido, os gritos de 'Renato, Renato' ecoaram nas arquibancadas do Serra Dourada neste domingo, quando o time ficou no 0 a 0 com o Vila Nova - e, mais uma vez, jogando muito mal.
Caso o Tricolor venha a ter um novo revés na quinta-feira, diante do Vasco da Gama, em São Januário, alguma mudança deve acontecer no vestiário.

E é por isso que o 90min enumera cinco motivos para se acreditar que a volta de Renato Portaluppi ao comando técnico da equipe seria, hoje, o melhor caminho a se tomar.

1. Representatividade

Renato Gaúcho Portaluppi Grêmio Técnico Série B Roger Machado Pressão Treinador
Renato é capaz de convencer torcida a estar junto ao time / SILVIO AVILA/GettyImages

A direção do Grêmio, desde a saída de Renato, já deu mostras irrefutáveis de que não tem ascensão alguma sobre a torcida. Pois a volta de um ídolo, mesmo que por linhas tortas, poderia representar a reconstrução deste elo. Se o time não levanta a torcida, talvez possa vir de fora das quatro linhas um pedido especial para o apoio nesta hora complicada. E só Renato teria este poder de convencimento.

2. Irresignação

Renato Gaúcho Portaluppi Grêmio Técnico Série B Roger Machado Pressão Treinador
Conformismo é uma palavra que não combina com Renato / SILVIO AVILA/GettyImages

O Grêmio, até por meio de seu treinador, Roger Machado, está resignado. Não há quem sustente um discurso mais forte e, ao mesmo tempo, realista. Ninguém quer ouvir falar sobre erros de arbitragem ou que o time construiu o suficiente para ganhar. Aos olhos de quem vê de fora, todos, inclusive o comandante da equipe, parecem conformados e sem sangue nos olhos.

3. Currículo

Renato Gaúcho Portaluppi Grêmio Técnico Série B Roger Machado Pressão Treinador
Renato tem carreira vencedora, ao contrário de Roger / Anadolu Agency/GettyImages

Roger Machado tenta, há muito tempo, emplacar uma carreira vencedora como técnico de futebol. Pois ainda não conseguiu. Será que não falta ter à beira do gramado alguém que já tenha caminhos (bem) mais sólidos, até para justificar determinadas ações que, sim, são necessárias?

4. Resultados imediatos

Renato Gaúcho Portaluppi Grêmio Técnico Série B Roger Machado Pressão Treinador
Treinador não tem medo de pressão / Buda Mendes/GettyImages

Renato, sempre que passou pelo Grêmio, mostrou resultados imediatos. E o Grêmio não tem mais tempo para esperar. Uma mobilização geral precisa acontecer mais uma vez, e os jogadores necessitam ver no seu comandante alguém com perfil para puxar esta reviravolta.

5. Repetição de fórmula

Renato Gaúcho Portaluppi Grêmio Técnico Série B Roger Machado Pressão Treinador
Renato substituiu Roger em 2016 e construiu uma era vitoriosa / Buda Mendes/GettyImages

Em 2016, Roger pediu para sair do Grêmio por sentir que não tinha mais condições de fazer o time evoluir. O que aconteceu? Veio Renato e, em pouco tempo, deu início a uma era das mais vitoriosas da história do clube - e com o mesmo elenco. Nessas horas, ter isso em mente também pode pesar a favor!

facebooktwitterreddit