Futebol Internacional

5 jogadores que fizeram valer a 'Lei do Ex' e comemoraram intensivamente

Vitor Beloti
Hakan Calhanoglu anotou um gol diante de seu ex-clube Milan
Hakan Calhanoglu anotou um gol diante de seu ex-clube Milan / Marco Luzzani/GettyImages
facebooktwitterreddit

Nas partidas de futebol, um dos assuntos que mais entram em pauta para debate entre os torcedores é quando um jogador marca um gol em sua ex-equipe, principalmente quando o adversário comemora sem nem pensar duas vezes.

No último domingo (7) foi a vez de Hakan Çalhanoğlu comemorar efusivamente com a camisa da Inter de Milão e fazer valer a 'Lei do Ex' dentro das quatro linhas ao marcar um gol de pênalti no clássico entre Inter e Milan, pela Serie A.

No entanto, o turco não foi o único jogador na história a comemorar diante de seu ex-time. Por conta disso, listamos 5 jogadores que fizeram valer a 'Lei do Ex' e comemoraram intensivamente.

1. Carlos Tevez

Carlos Tevez
Carlitos foi decisivo no duelo conhecido como Derby de Manchester / Alex Livesey/GettyImages

Apesar do fato de que, como jogador do Manchester United, ele ganhou absolutamente tudo, os torcedores dos Red Devils se esqueceram e vaiaram o atacante argentino quando ele os enfrentou no clássico entre os dois times de Manchester.

O que eles não sabiam é que os argentinos são motivados por esse tipo de provocação. Em 2010 Carlos Tevez comprovou essa tese ao marcar dois gols na final da Copa da Liga Inglesa e correu para o abraço.

2. Hakan Calhanoglu

Hakan Calhanoglu
Hakan Calhanoglu deixou o dele no primeiro reencontro com o ex-clube no final de semana, mas o Derby della Madonnina terminou empatado / Marco Luzzani/GettyImages

Depois da passagem pelo AC Milan que terminou na última temporada, o turco de 27 anos te contrato encerrado e saltou direto para o rival Inter de Milão. Logo na primeira vez que enfrentou o rossonero ele teve a felicidade de marcar diante ao converter um pênalti muito bem batido.

Logo em seguida, o jogador foi para a torcida comemorar com o gesto característico de colocar as duas mãos nas orelhas.

3. David Luiz

David Luiz
David Luiz foi campeão da Champions League pelo Chelsea e depois encarou os Blues quando estava no PSG / Paul Gilham/GettyImages

O atual zagueiro do Flamengo fez o gol que classificou do Paris Saint-Germain para as quartas de final da Champions League de 2015, e por isso o brasileiro não poupou seu entusiasmo ao balançar a rede do Chelsea.

4. Mauro Zárate

Mauro Zarate
Mauro Zárate comemorou após marcar diante do Vélez Sarsfield. / Marcelo Endelli/GettyImages

Após saída conturbada do Vélez Sarsfield, que incluiu ameaças de todos os tipos, o argentino que atualmente defende o América-MG teve que enfrentar - como jogador do Boca Juniors - o clube que o despontou para o futebol em 2019. No entanto, o jogador anotou seu gol e comemorou intensivamente com seus atuais companheiros de time.

5. Andrés D'Alessandro

San Lorenzo's midfielder Andres D'Alessa
Andrés D'Alessandro foi fundamental para eliminar o River Plate na Libertadores de 2008 / AFP/GettyImages

Na Copa Libertadores de 2008, o San Lorenzo com apenas nove jogadores em campo eliminou o River Plate, ex-equipe de Andrés D'Alessandro, da competição mais importante do continente. Além da classificação, o argentino anotou um gol diante do clube que o revelou e também soltou a voz.

facebooktwitterreddit