5 jogadores que, desde criança, já mostravam que seriam extraclasse

Fabio Utz
Pai de Ronaldinho Gaúcho já dizia que ele seria melhor que Assis
Pai de Ronaldinho Gaúcho já dizia que ele seria melhor que Assis / ANTONIO SCORZA/GettyImages
facebooktwitterreddit

Todos nós, algum dia, já fomos crianças. Só que, claro, sem o talento nato de alguns atletas que praticamente nasceram para jogar futebol. Neste 12 de Outubro, o 90min relembra cinco garotos que, com pouca idade, já eram identificado como extraclasse e que, pouco mais tarde, virariam ídolos de uma geração inteira.

1. Diego Armando Maradona

Diego Armando Maradona Criança Craque
Estrela argentina tinha muita intimidade com a bola / Marcos Brindicci/GettyImages

Aos oito anos de idade, Maradona foi observado por um caçador de talentos enquanto jogava no clube de sua vizinhança, o Estrella Roja. Ainda viria a atuar no Los Cebollitas, o time de juniores do Argentinos Juniors. Ele ainda ficava com a 'responsabilidade' de divertir os espectadores mostrando sua magia com a bola durante os intervalos dos jogos da primeira divisão.

2. Neymar

São incontáveis as fotos do ex-santista vestindo a 10 de Pelé com uma bola sob o braço. Claro, todos viam nele o sucessor do Rei do Futebol. Talvez, na história do Santos, é Neymar quem mais se aproxima do maior de todos os tempos. E ninguém duvidada que isso realmente aconteceria.

3. Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo Criança Talento
Português assinou com o Sporting ainda muito jovem / Carlos Rodrigues/GettyImages

Aos 10 anos de idade, já fazia sucesso no Clube Desportivo Nacional, e isso levou o Sporting a se interessar pelo atleta e assinar um contrato de duas temporadas com ele. Obviamente, não se arrependeu nem um pouco.

4. Ronaldinho Gaúcho

O irmão do Bruxo, Assis, já jogava com destaque no Grêmio, mas seu pai sempre dizia: o melhor ainda estava por vir. Os dribles de Ronaldinho ainda no futsal mostravam o quão craque ele seria. E foi.

5. Lionel Messi

Lionel Messi Criança Talento Craque
La Pulga chegou ao Barça ainda quando adolescente / Jam Media/GettyImages

Não à toa La Pulga desembarcou no Barcelona aos 13 anos de idade. Já se sabia que, ali, estava nascendo um dos maiores jogadores de todos os tempos. E vale ressaltar: desde os 7 anos atuava na escolinha de seu clube do coração, o Newell's Old Boys.

facebooktwitterreddit