5 jogadores com cicatrizes conhecidas no mundo da bola

Antonio Mota
De Carlos Tévez a Ribery: veja jogadores que têm cicatrizes bastante conhecidas no futebol.
De Carlos Tévez a Ribery: veja jogadores que têm cicatrizes bastante conhecidas no futebol. / Marcelo Endelli/Getty Images
facebooktwitterreddit

As cicatrizes fazem parte tanto da vida quanto do futebol. Em um esporte tão físico, os corpos são marcados por “lembranças” que o tempo não é capaz de apagar... E muitos jogadores acabam sendo lembrados (também) pelas cicatrizes que carregam e que são muito visíveis. Confira abaixo cinco desses casos:

5. Raúl Jiménez

Raúl Jiménez
Jiménez precisou passar por uma cirurgia e ficou com uma cicatriz. / Visionhaus/Getty Images

Após um choque violento de cabeça com o zagueiro David Luiz, Raúl Jiménez sofreu uma fratura craniana e precisou passar por uma cirurgia. Felizmente, o atacante do Wolverhampton, da Inglaterra, se recuperou e conseguiu voltar aos gramados. Claro, ele ficou com uma marca que vai levar para sempre.

4. André Gray

Andre Gray
Gray foi cortado por uma faca no rosto. / Robbie Jay Barratt - AMA/Getty Images

André Gray se envolveu em vários problemas ao longo de sua vida dentro e fora de campo. Quando tinha 19 anos, época em que participava de uma gangue de rua, o atacante do Watford se envolveu em uma confusão que jamais vai esquecer. Ele se meteu em uma briga de faca e carrega até hoje uma cicatriz no rosto por conta disso.

3. Joleon Lescott

Joleon Lescott
Joleon Lescott foi atropelado quando tinha cinco anos de idade. / Catherine Ivill - AMA/Getty Images

Formado no Wolverhampton e com passagens por Manchester City, Aston Villa e outros clubes da Inglaterra e da Grécia, Lescott carrega uma grande cicatriz na testa desde a sua infância. Muitos anos atrás, quando tinha apenas cinco anos, o ex-defensor foi atropelado na saída da escola.

2. Carlos Tévez

Carlos Tevez Boca Juniors
Tévez carrega suas cicatrizes desde a infância. / Pool/Getty Images

Tévez é conhecido em todo o mundo pelas suas polêmicas, pelo seu talento e também por suas cicatrizes, as quais estão em seu corpo desde sua infância. Antes mesmo de completar um ano de vida, o bebê Carlitos acabou derrubando uma chaleira de água quente em seu corpo. Na tentativa de ajudá-lo, os seus tios o embrulharam em uma manta de náilon antes de ser levado ao hospital. A ação, mesmo que sem intenção, acabou agravando os ferimentos e deixando marcas para uma vida toda.

1. Franck Ribery

Franck Ribery
Ribery tem uma das cicatrizes mais marcantes do futebol mundial. / Emilio Andreoli/Getty Images

Ribery sofreu um acidente de carro quando tinha apenas dois anos de idade. À época, o veículo de sua família bateu em um caminhão. Ele sobreviveu e ficou ainda mais forte, como vem mostrando ao longo de sua vitoriosa carreira dentro dos gramados.

facebooktwitterreddit