Listas

5 grandes jogadores que quase se aposentaram antes do esperado

Matheus Nunes
Paulinho foi titular da Seleção Brasileira na Copa da Rússia em 2018
Paulinho foi titular da Seleção Brasileira na Copa da Rússia em 2018 / Buda Mendes/GettyImages
facebooktwitterreddit

A carreira de futebol é curta, e são poucos os jogadores que conseguem chegar realmente no auge, em uma ótima fase e em grandes times. Por conta dos altos e baixos, alguns craques quase se aposentaram do esporte precocemente. Confira 5 destes casos:

1. Wayne Rooney

Ídolo do Manchester United e da seleção da Inglaterra, o temperamento de Rooney nunca foi dos mais tranquilos. No início da sua carreira, quando estava na base do Everton, o atacante quase largou o futebol por conta das demandas e exigências táticas de técnicos que gostariam de vê-lo atuando em outra posição diferente do comando do ataque.

Felizmente, o inglês acabou aceitando os conselhos, estreando como profissional em 2002.

2. Paulinho

Campeão mundial pelo Corinthians em 2012, Paulinho quase largou o futebol no início da sua carreira. Quando atuou no futebol lituano e polonês, sofreu racismo e conviveu com atrasos salariais, tendo jogado, por vezes, sem receber.

Voltou ao Brasil decidido que ia abandonar o esporte, mas o nascimento da sua filha o motivou a continuar jogando futebol. Rodou por alguns clubes paulistas, até brilhar no Timão, clube que defende atualmente.

3. Miroslav Klose

FBL-ITA-SERIEA-TORINO-LAZIO
Klose se tornou jogador histórico da Seleção alemã / MARCO BERTORELLO/GettyImages

Maior artilheiro em Copas do Mundo do futebol masculino, com 16 gols marcados pela seleção da Alemanha, Klose teve um início de carreira conturbado. Nascido na Polônia, foi exilado na Alemanha ainda criança e lá deu o pontapé inicial como jogador de futebol.

Seu pai não queria que ele fosse atleta no início, então o ex-atacante dividia a bola com seu trabalho em uma marcenaria. Com o avanço da carreira, teve que largar seu emprego secundário e focar apenas no esporte.

4. Lorenzo Insigne

O motivo que iria fazer Insigne desistir da carreira é bastante inusitado: o sonho de ser jogador de futebol quase foi interrompido devido a sua altura. Hoje com 1,63m, ele sofria pressão dos treinadores do time juvenil do Napoli por conta do seu tamanho, pois acreditavam que o problema era irreversível.

Ele insistiu e se tornou um dos principais nomes da história do time italiano. Na próxima temporada, defenderá o Toronto FC, da MLS.

5. Didier Drogba

Didier Drogba começou a carreira um pouco tarde. O atacante marfinense se mudou para a França em busca de uma oportunidade no futebol, mas viu as portas se fecharem para ele. Continuou focando nos estudos em busca de uma oportunidade, até que ela veio em 2002, quando o Guingamp lhe deu a primeira chance de assinar um contrato profissional.

O resto é história.

facebooktwitterreddit