Futebol Feminino

5 fatores que tornam imperdível a final do Gauchão Feminino entre Inter e Grêmio

Fabio Utz
Pri Back e Fabi Simões são destaques dos times gaúchos
Pri Back e Fabi Simões são destaques dos times gaúchos / Victor Lannes/MyPhoto Press/Gazeta Press
facebooktwitterreddit

No próximo domingo, Internacional e Grêmio decidem o Campeonato Gaúcho Feminino de 2021. A partida ocorre na Arena Cruzeiro, na cidade de Cachoeirinha, às 10h. O 90min se antecipa ao clássico e elenca cinco fatores que tornam imperdível este Gre-Nal.

1. Tri colorado?

O Inter busca o terceiro título gaúcho em sequência - os anteriores também foram conquistados em cima do maior rival. Se conseguir, a hegemonia continua.

2. Retomada tricolor?

O Grêmio não vence o Gauchão Feminino desde 2018. Mudando este panorama, vai colocar fim ao incômodo jejum.

3. Histórico recente

O Inter possui uma invencibilidade de dez clássicos. Ou seja, mantendo esta sequência, estará muito mais próximo da taça. Já o Grêmio só pensa em terminar com este retrospecto recente. Gre-Nal tem dessas particularidades...

4. Ataques que empolgam

O Grêmio é dono do melhor ataque do Gauchão até aqui. Somando fase classificatória (seis jogos) e semifinal (duas partidas), são nada menos que 84 gols marcados - Laís Estevam e Eudimilla, com 11 cada, são as artilheiras. Já o Inter acumula 64 bolas na rede. No ano, Fabi Simões já tem 15 tentos e é destaque.

5. Alguém perde os 100%

Grêmio e Inter venceram todos os seus compromissos no Gauchão 2021 até aqui, ou seja, possuem 100% de aproveitamento. Ao menos um dos times vai perder esta condição no final de semana. Em caso de empate, haverá decisão por pênaltis.

facebooktwitterreddit