5 ex-jogadores do Barça que voltaram ao clube como técnicos

Daniel Farias
Xavi será apresentado como novo técnico do Barça na próxima semana
Xavi será apresentado como novo técnico do Barça na próxima semana / David Ramos/GettyImages
facebooktwitterreddit

Anunciado como substituto de Ronald Koeman, Xavi está de volta Barcelona, em um caminho semelhante ao do holandês - ídolo como jogador que volta ao clube como técnico. Esta história já se repetiu algumas vezes ao longo dos anos, então resolvemos refrescar a sua memória com outros nomes que possuem o mesmo ponto em comum e como foi a passagem deles pela Catalunha.

1. Pep Guardiola

Barcelona players lift their coach Pep G
Guardiola foi bicampeão mundial pelo Barcelona / LLUIS GENE/GettyImages

O espanhol Pep Guardiola foi revelado pelo Barcelona e, como jogador profissional, vestiu a camisa da equipe por 11 temporadas. Depois de se aposentar, assumiu o comando técnico da equipe e permaneceu no cargo entre as temporadas 2008/09 e 2011/12, totalizando 247 partidas. Ele está na história como um dos astros a serem campeões da Champione League como jogador (1991/92) e técnico (2008/09 e 2010/11).

2. Johan Cruyff

Johan Cruijff
Holandês foi revelado no Ajax e quando rumou para a Espanha atuou no Barça e no Levante / Alessandro Sabattini/GettyImages

Johan Cruyff foi um dos maiores jogadores da história da Holanda. Ele saiu do Ajax para brilhar na Catalunha e por lá ficou cinco temporadas. No início da década de 90 ele comandou a equipe em cinco conquistas de LaLiga e coroou o trabalho com título da Champions League na temporada 1991/92.

3. Luis Enrique

Luis Enrique
Atual técnico da seleção espanhola, começou a carreira fora das quatro linhas no Barcelona B / Michael Regan/GettyImages

Meio-campista clássico, o espanhol Luis Enrique disputou três Copas do Mundo (1994, 1998 e 2002). Ele saiu do Real Madrid para vestir as cores do rival em 1996, foi campeão e fez tanto sucesso que recebeu o convite para iniciar a carreira fora das quatro linhas no próprio clube catalão. Depois ele trabalhou na Roma e no Celta, mas voltou para ser multicampeão entre 2014 e 2017, quando comandou o trio MSN (Messi, Suárez e Neymar) e enfileirou conquistas - Champions League, Copa do Rei, LaLiga, Mundial de Clubes, Supercopa da Espanha e Supercopa da UEFA.

4. Ronald Koeman

Lionel Messi, Ronald Koeman
Holandês esteve 63 jogos à beira do campo como treinador culé / David Ramos/GettyImages

O holandês Ronald Koeman marcou o gol do título na Champions League de 1991/92, vestiu a camisa blaugrana por seis temporadas e voltou em agosto de 2020, em meio à crise financeira que assola o clube, viu Messi sair para o PSG e o início ruim na temporada 2020/21 culminou com a demissão no final de outubro deste ano. No total foram 67 partidas (37 vitórias, 11 empates e 15 derrotas).

5. Ernesto Valverde

Ernesto Valverde
Espanhol está desempregado desde que deixou a Catalunha / David Ramos/GettyImages

Atualmente com 57 anos, Ernesto Valverde comandou o Barcelona durante 145 partidas, sendo 97 vitórias, 32 empates e 16 derrotas, foi bicampeão espanhol, ganhou a Copa do Rei e a Supercopa da Espanha. Antes disso ele vestiu a camisa azul e grená entre 1988 e 1990.

facebooktwitterreddit