Futebol Feminino

5 equipes que podem ameaçar a soberania do Corinthians no Brasileirão Feminino

Nathália Almeida
Apr 15, 2021, 3:34 PM GMT-3
Santos está com uma equipe bem forte e pode "fazer barulho" na edição
Santos está com uma equipe bem forte e pode "fazer barulho" na edição / Victor Monteiro/W9 PRESS/GAZETAPRESS
facebooktwitterreddit

Campeão brasileiro em 2020, o Corinthians ainda é o time a ser batido no futebol feminino nacional. Contudo, a cada ano que passa, mais times despontam como candidatos a preencher esse papel de rivalizar com o Timão. Será que veremos uma 'nova ordem' nascendo na atual temporada ou o Alvinegro ainda manterá sua soberania na modalidade?

Só saberemos a resposta desta pergunta ao final do Brasileirão Feminino que se inicia no próximo sábado (17), mas conhecemos algumas equipes com potencial para dificultar ao máximo a vida do atual campeão. Confira:

1. Ferroviária

libertadores ferroviaria futebol feminino
Ferroviária conquistou a Libertadores Feminina 2020 / AGUSTIN MARCARIAN/Getty Images

Não poderíamos abrir essa lista com outra equipe se não a Ferroviária, um expoente de tradição na modalidade, mas também de protagonismo contemporâneo.

Conquistou o Brasileirão de 2019 e é o atual campeão da Libertadores, ou seja, é o clube que mais tem 'batido de frente' com o Timão em termos de resultados gerais. Tem um baita elenco, um projeto de longo prazo e uma comissão técnica que entende muito da modalidade.

2. Palmeiras

O Palmeiras também aumentou os investimentos na modalidade e montou um time bastante interessante e competitivo para esta temporada. Além disso, tem fortalecido seu trabalho de base no feminino.

Do gol ao comando do ataque, todos os setores do elenco alviverde contam com pelo menos uma grande referência. Vale destacar as contratações de peso como Bia Zaneratto (atacante) e Júlia Bianchi (meia), que qualificam demais o sistema ofensivo do Verdão. Olho nelas!

3. Santos

O Peixe foi a segunda melhor equipe da fase classificatória do Brasileirão passado, mas acabou caindo nas quartas de final para o rival São Paulo. Para ir além nesta temporada, manteve a base do time e apostou em contratações importantes, como a chegada da artilheira Byanca Brasil.

O projeto de longo prazo, a tradição do clube na modalidade e o grupo que mistura bem experiência (Cristiane/Ketlen) com juventude (Analuyza/Luana) qualificam as Sereias da Vila como candidatas a rivalizar com o Timão.

4. Internacional

Atual vice-campeão do Brasileirão Sub-17, o Colorado é muito forte em seu trabalho de base e conta com um elenco sólido. Bruna Benites, zagueira de Seleção Brasileira, é o grande destaque do sistema defensivo vermelho.

A saída da artilheira Byanca Brasil rumo ao Santos foi um duro golpe para as Gurias Coloradas, mas nada que vá mudar drasticamente a condição do time no Brasileirão: deve chegar até o mata-mata com facilidade e pode, sim, surpreender nas fases agudas.

5. São Paulo

Semifinalista na edição passada, o Tricolor Paulista manteve a base do elenco e ainda contratou reforços importantes, como a atacante Carla Nunes, artilheira do Brasileirão Feminino de 2020 com 12 gols.

Muitos torcedores tricolores que acompanham a equipe feminina estão animados e ansiosos para ver a parceria de Carla com Glaucia, duas grandes jogadoras. Podemos esperar o Soberano nas cabeças, mais uma vez.

facebooktwitterreddit