Copa Libertadores

5 destaques da vitória do São Paulo sobre o Racing, pela Conmebol Libertadores

Nathália Almeida
São Paulo venceu o Racing por 3 a 1, no El Cilindro
São Paulo venceu o Racing por 3 a 1, no El Cilindro / Marcelo Endelli/Getty Images
facebooktwitterreddit

Uma noite que há muito o torcedor do São Paulo não vivia.

Não era das situações mais confortáveis, mas com uma grande atuação coletiva, o Soberano conseguiu uma classificação gigantesca na Conmebol Libertadores: vitória por 3 a 1 sobre o Racing em pleno El Cilindro, resultado que carimbou o passaporte tricolor às quartas de final. Seu adversário na próxima fase sairá do confronto entre Universidad Católica e Palmeiras, ou seja, podemos ter clássico paulista na competição continental.

A seguir, elencamos os 5 principais destaques da vitória do São Paulo sobre o Racing:


1. Marquinhos

marquinhos sao paulo
Marquinhos foi escolha arrojada do Crespo / MARCELO ENDELLI/Getty Images

Escolha de Crespo para iniciar a partida entre os titulares, o garoto tricolor correspondeu: velocidade, arrojo, coragem e uma atuação memorável. Um gol e uma assistência para ele, partindo pra cima da defesa adversária a todo momento e criando muita dor de cabeça aos adversários.

2. Miranda

Joao Miranda
Miranda teve excelente exibição / Marcelo Endelli/Getty Images

Foi o pilar defensivo do Soberano na partida. Ganhou praticamente todos os duelos - pelo alto e por terra -, com intercepções e desarmes precisos. Ainda deu um belo lançamento que originou o primeiro gol da equipe na partida.

3. Emiliano Rigoni

Emiliano Rigoni
Rigoni esteve, mais uma vez, com o faro artilheiro apurado / Marcelo Endelli/Getty Images

Excelente posicionamento, oportunismo e faro de gols apurado: o atacante argentino vai se confirmando como uma das melhores contratações do São Paulo no ano. Dois gols para ele no El Cilindro.

4. Martín Benítez

Martin Benitez
Benítez foi o maestro do meio-campo tricolor / Marcelo Endelli/Getty Images

Enquanto o corpo aguentou, Benítez foi o 10 que dele se espera. Pensou o jogo, cadenciou e acelerou no tempo certo, distribuiu belos passes e teve participação direta nesta grande vitória do time paulista.

5. Tiago Volpi

Tiago Volpi
Volpi fez defesa crucial no segundo tempo / Alexandre Schneider/Getty Images

O goleiro tricolor não foi tão exigido na partida, mas entra nesta lista por uma "defesa de manual" realizada poucos minutos após o gol do Racing, anotado na metade do segundo tempo.

Se Volpi não tivesse feito esta belíssima intervenção - parando cabeçada fulminante, à queima-roupa, quase da pequena área -, a história da partida poderia ter sido outra: os argentinos teriam pouco mais de 25 minutos para buscar dois gols.

facebooktwitterreddit